2019/12/05

Instagram vai começar a perguntar idade dos utilizadores


Quem se quiser registar no Instagram a partir de agora terá que preencher a sua data de aniversário, em vez de se limitar a marcar que tem mais de 13 anos.

O Instagram tinha-se tentado manter afastado da sede de dados do Facebook, mas vai agora começar a pedir a data de nascimento aos novos utilizadores que se registem no serviço. A explicação tem a ver com o desejo de apresentar certos tipo de publicidade que necessitam de um controlo etário mais restrito (bebidas alcoólicas, apostas, etc.) e por isso sendo necessário saber a idade dos utilizadores. Até ao momento, a única coisa que o Instagram sabia era se os utilizadores teriam mais de 13 anos, mas sem saberem a idade exacta.

Como qualquer utilizador que já tenha visitado um site para adultos, ou simplesmente ver um vídeo de jogos mais violento nalgumas plataformas (como o Steam), a pergunta da data de nascimento é um mero proforma burocrático sem qualquer impacto prático. Qualquer pessoa, independentemente da sua idade, poderá facilmente inventar uma data que lhe permita ter acesso aos conteúdos ou serviços que queira utilizar - e será melhor nem sequer se aventurar a querer criar um método de controlo etário verdadeiramente fiável, como demonstra o repetido e sucessivo falhanço do governo britânico em implementar restrições de acesso desses tipo (que por agora parece ter sido definitivamente cancelado).

Para os novos utilizadores do Instagram, em vez de um clique, passa agora a ser necessário introduzir uma data de nascimento ao seu gosto... e é isso.

3 comentários:

  1. A não ser que façam como fazem agora no Facebook que pedem digitalização do cartão de cidadão.

    Mas eles podem ir mais longe e além disso exigir que assinem com a assinatura digital do cartão do cidadão um documento PDF para obterem a data de nascimento directamente da assinatura digital, e que pode associar directamente à vossa conta Instagram... impedido cada pessoa de ter mais que uma conta de cada vez... ou se decidirem bloquear-vos nunca mais conseguirem entrar de novo comparando se a data de nascimento coincide com o nome e/ ou com o número do documento.

    ResponderEliminar
  2. O problema disso da falsa idade de nascença é se depois mais tarde quando queremos reverter pra uma data real (ou mais real) ha serviços (google, twitter, etc) que bloqueaiam ou banem (twitter salvo erro) mesmo a conta

    ResponderEliminar
  3. As minhas contas no Instagram e no Facebook são falsas e se forem bloqueadas posso criar outras (como já tive de fazer no facebook) e se não puder fazer mais isso posso muito bem viver com isso, porque já quase não uso redes sociais. Acreditem, há vida para além das redes sociais e é MUITO MAIS INTERESSANTE!

    ResponderEliminar

[pub]