2019/12/06

TikTok viola privacidade de dados na Europa


Uma investigação revela que o TikTok - que tem tido enorme sucesso entre os mais novos - viola as leis de privacidade, recorrendo a técnicas bastante avançadas para fazer o tracking dos utilizadores.

O TikTok tem sido a plataforma de maior sucesso entre os mais jovens, permitindo a partilha de vídeos, mas o serviço parece não estar muito preocupado com o regulamento de protecção de dados europeu (RGPD / GDPR). Numa análise aos dados enviados pela app e pelo site, depressa se descobre que a app está a partilhar dados com o Facebook e outras entidades, e as coisas não melhoram quando se passa para o seu site na web.

Na web o TikTok emprega diversos métodos para garantir que sabe quem é que viu que vídeo e qual o utilizador que o partilhou, incluindo o canvas fingerprinting e audio fingerprinting; sistemas que permitem fazer o tracking e identificação (relativamente fiável) de utilizadores mesmo que optem por bloquear ou eliminar todos os cookies.


Segundo o jornalista que fez a investigação, Matthias Eberl, são múltiplas as violações ao RGPD que sustentam a necessidade de uma rápida investigação oficial ao TikTok, com a agravante de que se trata de um serviço que está a acumular dados sobre milhões de jovens na Europa (para não falar no resto do mundo).

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]