2020/01/28

Facebook revela o que sabe sobre os utilizadores fora do Facebook


O Facebook revela um pouco mais daquilo que sabe sobre os utilizadores, com a nova página da actividade recolhida fora do Facebook, e que muito contribui para a sua capacidade quase sobrenatural de "adivinhar" aquilo que os utilizadores fazem, dizem, ou desejam.

Muitas pessoas já terão passado pela experiência de ver o Facebook a sugerir-lhes coisas sobre as quais tinham falado recentemente com amigos. Parte dessa capacidade "mágica" resulta do facto do Facebook saber imensas coisas sobre os utilizadores, incluindo muitas coisas que fazem fora da app do Facebook.

A nova página Off Facebook Activity vem demonstrar isso de forma bastante reveladora. Sendo que quem lá for poderá ficar admirado com a quantidade de apps e serviços que está a enviar informação para o Facebook - quase sempre sem o conhecimento dos utilizadores. Por lá podemos encontrar coisas que será lógico fazerem-no, como sites na web que contêm os botões de like e partilha do Facebook (que automaticamente sabem que utilizadores do Facebook por lá passaram). Mas também outras que à partida não o deveriam fazer: por exemplo, porque motivo estará a app MB Way a mandar informação para o Facebook sobre a utilização que fazemos dela?


Vale a pena dar uma visita a esta secção, nem que seja para ficar com uma pequena ideia sobre a imensidão de serviços que enviam dados para o Facebook; sendo que apps como o MB Way, e outros, se revelam uma autêntica surpresa.

No final, podem terminar em beleza desactivando esta partilha de dados dos serviços externos com o Facebook. (Ter em conta que isso irá impossibilitar que façam o login com o Facebook em sites externos!)



E logo de seguida dando um salto à secção da publicidade e desactivando a publicidade baseada neste tipo de dados personalizados.


Vale também a pena espreitar as demais secções, para desactivarem tudo o que pareça abusivo.


Esta revelação dos dados recolhidos permite-nos ficar com um pouco mais de consciência sobre a verdadeira dimensão da recolha de dados que é feita pelo Facebook (e que também se aplica a outros serviços de tracking, como os da Google e redes de publicidade). Ajuda também a perceber como é que o Facebook consegue fazer aquele tipo de previsões acertadas sobre coisas em que "estávamos a pensar".


Dito isto, permanece a pergunta: que necessidade tem uma app como o MB Way de enviar os dados sobre a sua utilização para o Facebook?

4 comentários:

  1. Acabei de descobrir que duas apps android que comprei precisamente para não ter de lidar com anúncios continuam a enviar dados para o facebook.

    ResponderEliminar
  2. "Vale também a pena espreitar as demais secções, para desactivarem tudo o que pareça abusivo.", a grande questão é saber se fica mesmo desativado...

    ResponderEliminar
  3. Raios... Chega a dar náuseas... :(

    ResponderEliminar

[pub]