2020/01/01

iPhone de 64GB é suficiente?


Muitas vezes criticada por continuar a lançar iPhones com apenas 64GB de memória, a decisão da Apple parece ser bem acolhida pelos seus clientes - que dizem que os 64GB são "suficientes".

A capacidade de armazenamento é um elemento crítico num smartphone, e ainda mais num iPhone - já que não disponibiliza qualquer forma de poder ser expandida através de um cartão de memória. Por isso mesmo, os 64GB que são oferecidos no modelo base são um ponto a ter em conta... mas não tanto quando se poderia imaginar. Segundo um inquérito aos fãs da marca, 59% disseram que os 64GB eram suficientes, e 33% disseram considerar que os 128GB deveriam ser o mínimo. Apenas 8% disseram ter um iPhone de 64GB e estarem a precisar de mais espaço.

Obviamente, cada caso é um caso e haverá também muitas formas de ajustarmos o tipo de uso às limitações de espaço - por exemplo, descarregando regularmente as fotos e vídeos para a iCloud ou Google Photos, ou outros. Ou indo removendo os jogos de maiores dimensões em vez de os manteremos no smartphone "para sempre".


No entanto, acima de tudo, parece-me que a questão deveria ter sido melhor enquadrada, já que estamos a falar de iPhones que não se podem comparar a smartphones económicos. É que estamos a falar de iPhones 11 Pro, cujo preço começa nos 1179 euros(!) - e tendo isto em consideração, independentemente de ser "suficiente" ou não, parece-me completamente abusivo que um smartphone deste valor continue a ser fornecido com apenas 64GB, que na prática serão apenas uma forma de incentivar o upgrade para a versão seguinte com 256GB... por 1349 euros.

3 comentários:

  1. Bom remédio, deixem de ser carneirinhos e mudem de marca, eu mudei para a Samsung e estou super mega-hiper-satisfeito.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Irónico que um actual utilizador da Samsung (marca igualmente cara comparativamente à Apple) chama carneirinhos aos utilizadores da maçã.

      Eliminar
  2. Considerações de preço à parte, que no caso dos iPhones resultam sempre na conclusão de que são caríssimos, julgo que 64Gb são mais que suficientes para a maioria dos utilizadores. É preciso ver que o utilizador típico de um smartphone não é um frequentador de blogs de tecnologia como este. É uma pessoa que umas 2 dezenas de apps instaladas fora as que vêm com o equipamento, faz fotos e videos e pronto. E até para um utilizador avançado 64Gb podem ser a opção mais adequada. Se forem subscritores de serviços na nuvem (iCloud, Google, Spotify, Appple Music, etc), "nunca" vão justificar nem 128Gb quanto mais 256.

    ResponderEliminar

[pub]