2020/01/13

Ransomware Sodinokibi publica dados roubados


A praga do ransomware não dá sinais de abrandar, e entra em 2020 com a primeira revelação de dados roubados pelo ransomware Sodinokibi.

Como se não fosse suficiente perder os dados para ransomware, há ainda o risco acrescido de ver esses dados revelados publicamente. Depois de terem feito algumas ameaças de revelação de dados roubados que nunca chegaram a cumprir, os responsáveis pelo ransomware Sodinokibi divulgaram pela primeira vez dados, que dizem pertencer à empresa Artech Information Systems.


A medida está a ser feita como tentativa de pressionar a empresa a pagar o resgate, sendo referido que por agora ainda é uma pequena parte dos dados que foram roubados, e que haverá ainda muito mais para divulgar no caso da empresa não pagar.

Obviamente que nunca se deverá ceder a estas tentativas de extorsão; mas é também natural que muitas empresas (e também particulares) não queiram ver expostos na internet os seus dados privados, potencialmente com efeito ainda mais nefasto para as empresas, potencialmente revelando dados confidenciais que poderão por em causa o seu futuro.

Mas, se quanto a isso nada se poderá fazer (nada impede que quem está por trás dos ransomware não acabe por vender os dados roubados, mesmo depois da vítima ter pago o resgate), importa garantir que, pelo menos, não se fica dependente desse resgate para os recuperar: nada como começar o ano com a resolução de que se terá um sistema de backups capaz de resistir a ransomware e tudo o demais que pode correr mal com os nossos dados (avarias, etc.) - especialmente tendo em conta que até já podemos arranjar um disco externo de 10TB a valores muito mais reduzidos que o de qualquer resgate.

1 comentário:

  1. Acho que deviam rever o não aceitarem pessoal que fala inglês, podiam usar um ao menos para fazer ameaças.

    ResponderEliminar

[pub]