2020/02/17

Backblaze revela estatísticas dos discos de 2019


Com mais de 122 mil discos em operação, a Backblaze volta a revelar as suas estatísticas de fiabilidade dos mesmos, que revelam quais os modelos mais fiáveis e quais os mais problemáticos.

A Backblaze, empresa de backup de dados ilimitados na cloud, tem a tradição de partilhar com o mundo todos os detalhes da sua operação; indo desde a disponibilização dos seus módulos de armazenamento (pods) como open-source, à transparência de revelar quais os discos que se revelam mais / menos fiáveis.

Para as estatísticas de 2019, temos resultados para discos da HGST, Seagate, e Toshiba, com capacidades que vão dos 4TB aos 14TB. (Embora já tenham discos de 16TB, para os quais têm estado a migrar, ainda não estão em operação há tempo suficiente para serem estatisticamente relevantes).

Não há grandes surpresas, com os resultados a manterem-se idênticos aos dos anos anteriores. Os discos da HGST e Toshiba são os que se têm revelado mais fiáveis, com taxas de avarias anuais abaixo dos 0.8%; enquanto que os Seagate continuam a ser mais problemáticos, com taxas de 1 a 3%. Há um modelo em particular que se destaca pela negativa: o Seagate de 12TB (ST12000NM0007) com 3.32% de falhas; enquanto que no mesmo modelo de 12TB da geração seguinte (ST12000NM0008) essas falhas se reduzem para menos de metade: 1.14%. Mesmo assim, face aos HGST de 12TB, com taxa de falhas de 0.56% e 0.40%, continuam a ter bastante para melhorar.

Resultados a ter em conta por quem quiser minimizar a probabilidade de problemas com discos rígidos. E acima de tudo, importa relembrar que mesmo um disco potencialmente mais problemático é infinitamente melhor do que não ter qualquer backup - mas não se esqueçam de testar regulamente a validade dos backups, para garantir que, em caso de necessidade, podem mesmo confiar neles! (Ainda este fim-de-semana fiz um teste arrancando com a pen USB criada pelo programa de backups, garantir que tinha acesso aos discos externos de backups, e que poderia fazer a reposição dos dados.)

Hoje em dia podemos arranjar um disco externo de 6TB por pouco mais de 100 euros, pelo que não há desculpa para não ter um backup que evite dores de cabeça!

Sem comentários:

Publicar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]