2020/02/20

Mandalorian chegará semanalmente no Disney+ na Europa


Para além do atraso em chegar à maioria dos países europeus, o serviço Disney+ vai angustiar ainda mais os clientes ao disponibilizar séries como The Mandalorian com apenas um novo episódio por semana.

A série The Mandalorian fez sucesso com o seu "yoda" bebé, mas os futuros clientes europeus que estiverem interessados em aderir ao serviço de streaming Disney+ (que só chega a Portugal no Verão) serão ainda mais penalizados pelo facto da Disney optar por lançar apenas um episódio por semana - não obstante a série já ter passado na sua totalidade nos EUA.

É certo que a série foi lançada semanalmente na sua estreia, mas não fará sentido repetir isso nos restantes mercados depois de já ter sido exibida. Além do mais, para além de perpetuar a discussão sobre a disponibilização de toda uma temporada de imediato ou semanalmente, já chegará a penalização habitual de não se ter acesso a todos os conteúdos que estão disponíveis nos EUA, que é transversal a quase todos os serviços de streaming.

Esperemos que a Disney reconsidere esta decisão até 24 de Março, altura em que o serviço Disney+ será expandido na Europa a mais países (por agora está apenas disponível na Holanda), e em vez disso foque os seus esforços em garantir o acesso universal aos conteúdos, independentemente do país onde se estiver. :P

7 comentários:

  1. Mais um tiro no pé por parte de um estúdio de Hollywood.
    Essa atitude de separar conteúdos por "paises" ou "continentes" só favorece o download paralelo das series e filmes.
    Os fãs não querem esperar semanas ou meses que fique disponível onde vivem, querem ao mesmo tempo que os outros.
    Quando é que vão perceber de vez que o mercado é global e não mais sectorial?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Netflix agradece a escolha!

      Eliminar
    2. A Netflix também já utilizou esta técnica de lançar 1 episódio a cada semana...

      Eliminar
  2. Tomam estas decisões estúpidas e depois admiram-se que a pirataria seja a escolha n.º 1.

    ResponderEliminar
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  4. ou seja, mais uma vez quem paga para poder ver esses conteúdos é que se quilha, segundo o que me disse um amigo, essa serie já está disponível e completa de uma só vez para download ou serviços de stremming cá na Europa nas plataformas piratas desde a semana em que estreou.

    ResponderEliminar
  5. Já a vi faz algum tempo... Aconselho vivamente!

    ResponderEliminar

[pub]