2020/03/23

Está na altura de proibir a publicidade direccionada na net?


E se em vez de tentar regulamentar como se podem usar os dados que vão sendo recolhidos na web e chatear os utilizadores com formulários intermináveis de que cookies aceitam, se fosse directamente ao ponto central da questão que deu origem a tudo isso: a publicidade direccionada na web?

David Heinemeier Hansson, um dos cofundadores do Basecamp, avança com uma proposta radical de lidar com toda a questão do tracking e invasão de privacidade que grassa na web e que deu origem a coisas como o escândalo Cambridge Analytica, e que passa - segundo ele - por cortar o mal directamente pela raiz: proibindo a publicidade direccionada na net.

É que, quando se olha para o assunto, todo o tracking abusivo e excessivo que é feito, é feito com o intuito de monitorizar os interesses de todas as pessoas, para que depois isso possa ser usado para lhes apresentar a publicidade que esses serviços pensam ser a mais eficiente para gerar vendas. Se se proibisse esse tipo de publicidade, deixaria de ser necessário esse tracking, e a publicidade regressaria aos tempos da publicidade "geral", em que é apresentada, sem saber quem a irá ver.

... Infelizmente, suspeito que o tracking e recolha de dados seja demasiado apetecível para quem as empresas deixem de o fazer. Pelo que o melhor será não esperar por qualquer decisão nessa área, e recorrer às ferramentas disponíveis para o fazer, quer seja através de browsers dedicados à privacidade, ou de extensões de bloqueio para esse efeito.

Sem comentários:

Publicar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]