2020/03/31

Transcend lança primeiro microSD com cache SLC


A Transcend revelou os primeiros cartões microSDXC que usam parte da sua memória flash como SLC para optimizar o desempenho e maximizar a longevidade de operação.

Embora a capacidade de usar parte da memória como SLC num cartão de memória tenha sido adicionada ao standard em 2017, foram precisos 3 anos para que um fabricante a decidisse implementar. Neste caso, a Transcend, nos seus cartões microSDXC USD230I.

A maior parte dos cartões usa memórias flash TLC, que triplicam o espaço ao guardarem 3 bits de informação em cada célula usando 8 níveis de tensão diferente. No entanto, isto faz com que o processo de gravação seja mais lento, e que o número de ciclos de escrita suportados seja inferior (uma degradação da célula que faça variar a tensão começará a gerar erros de leitura, que numa célula SLC não aconteceria, por ter um maior diferencial entre o estado "0" e "1").



Neste cartões o objectivo é combinar o melhor dos dois mundos, usando parte da memória como SLC para permitir a aceleração das escritas (até 100 MB/s) e maior número de ciclos de escrita, com os dados a serem transferidos automaticamente para a memória TLC pelo controlador integrado no cartão.

Estes cartões vêm em capacidades de 8 GB, 16 GB, 32 GB, e 64 GB, com temperaturas de funcionamento dos -40C aos 85C, e capacidade para suportar 36 TB de escritas para o cartão de 8 GB, 70 TB para o de 16 GB e 32 GB, e 140 TB para o de 64 GB.

1 comentário:

[pub]