2020/04/25

Arquiled cria luminária LED solar


E se os postes de iluminação pública pudessem levar luz até a sítios onde não há electricidade? É essa a proposta da empresa portuguesa Arquiled, que criou uma luminária LED solar autónoma.

Ter luz onde não há electricidade. É com este propósito que nasce o Projeto LLESA (Luminária LED Solar Autónoma), um projecto de investigação e desenvolvimento tecnológico que tem como objectivo iluminar regiões onde a rede pública de iluminação é inexistente ou apresenta níveis de implementação e qualidade deficitários. Esta luminária LED utiliza o sol como fonte de energia exclusiva, dispensando totalmente a rede eléctrica e incorpora um sistema de gestão inteligente que optimiza a captação da energia solar e regula o fluxo luminoso.


Ainda na fase de protótipo, esta luminária conta com um design monobloco, cuja energia eléctrica é produzida pelos painéis fotovoltaicos e armazenada em baterias de hidróxido de NI-Co para posterior utilização. Para além de resistir a temperaturas elevadas, este produto é de instalação fácil, não necessitando de manutenção.

A viabilização deste protótipo contou ainda com a colaboração de duas entidades do ensino superior – o Instituto Superior Técnico e a Escuela Colombiana de Ingeniería Julio Garavito, ambas especializadas na vertente de engenharia.

5 comentários:

  1. Não sei se e desta marca mas no Parque da Paz, em Almada, há uns postes destes nas zonas mais remotas a funcionar a noite...

    ResponderEliminar
  2. Ni-Co? Nickel cobalt? Nunca ouvi falar, fiquei curioso, vou pesquisar...

    ResponderEliminar
  3. http://ecatalogue.schreder.com/pt/m/125-Schreder-Smart-Lighting-solutions-PT.html#/page/125

    ResponderEliminar
  4. Não sendo necessária manutenção, a bateria é eterna.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Existem muitas baterias automóveis "sem manutenção", no entanto não são eternas... Aqui passar-se-ás o mesmo certamente

      Eliminar

[pub]