2020/05/18

Falta de verificação de email no Zoom deixa desconhecido como administrador de escola


O Zoom é apenas um de muitos serviços que nem sequer se digna a validar os endereços de email dos utilizadores, e isso fez com que um utilizador se visse na posição de administrador da conta Zoom de uma escola, e aparentemente sem sequer poder sair dessa situação.

É vergonhoso que continuem a existir serviços que assumam desde logo que um email introduzido é válido sem qualquer tipo de verificação - uma prática infelizmente comum devido ao desejo de tornar a experiência de utilização mais "fácil" e "imediata" para contabilizarem utilizadores - mas é isso que também o Zoom faz. Por vezes isso resulta em situações bastante curiosas, como a desta pessoa, que se viu promovido a administrador da conta Zoom de uma escola no Chile.



O indivíduo tem acesso a todos os dados das videoconferências feitas, e uma vez que quando se tentou registar no Zoom usou o login via Google, o serviço também lhe fez o favor de associar a sua informação pessoal do Gmail com a conta Zoom da escola - e uma vez que parece ser apenas "administrador" mas não o "dono", também diz que não pode auto-remover-se daquela posição para ficar com uma conta Zoom pessoal sua.

A situação com o Zoom é nova, mas ele diz que está habituado a receber registos de inúmeros utilizadores latinos, uma vez que o seu endereço de email é "temporal" (at) gmail, que em espanhol significa temporário, e acaba por ser utilizado frequentemente por utilizadores ao preencherem endereços de email "só para encher". Se quanto a isso nada se pode fazer, pelo menos o Zoom deveria certificar-se que ninguém pudesse adicionar endereços de email sem o processo de confirmação adequado.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]