2020/05/30

WD processada por usar SMR em discos NAS às escondidas


Já se sabia que a história da Western Digital ter enganado utilizadores, vendendo discos SMR para NAS sem qualquer indicação do que eram, não se ia ficar por aí. Agora, a WD tem que enfrentar um processo de práticas enganosas.


Os discos SMR (Shingled Magnetic Recording) permitem aumentar a densidade da informação gravada nos discos, à custa da sobreposição parcial das pistas - de forma idêntica às telhas nos telhados, que ficam encaixadas umas sobre as outras. O ponto negativo é que, sempre que for necessário alterar dados a meio de uma "fileira", é necessário reescrever toda essa fileira para que os dados fiquem devidamente sobrepostos como estavam, com o consequente impacto no desempenho.

Isso fica devidamente esclarecido no caso de um processo de reconstrução de um conjunto RAID...



Enquanto que com um disco normal esse processo pode ser concluído em cerca de 1000 minutos (aproximadamente 16 horas), num dos discos WD SMR esse mesmo processo demora 13784 minutos (cerca de 230 horas, ou quase 10 dias)! Ou seja, facilmente se percebe o motivo pelo qual os utilizadores se sentem enganados e que estão na origem deste processo contra a WD.

Vai ser interessante ver qual será a defesa da WD, já que terá que explicar: 1) porque motivo não indicou claramente que estes discos usavam tecnologia SMR; 2) porque sequer adoptou SMR para estes discos NAS, já que não usou a tecnologia para aumentar a capacidade dos discos de maior volume; em vez disso aplicando-a a discos de baixa capacidade sem que tivesse reduzido o seu preço final.

9 comentários:

  1. Comprei um WD Elements de 750 gigas na worten, sempre que o ligo ao computador, nem sempre o computador reconhece o disco, é como se existisse falta de comunicação entre o disco e o computador, já testei em máquinas diferentes e faz o mesmo. Queria reclamar o disco para garantia, levo há worten? O disco ainda tem mais um ano de garantia.

    ResponderEliminar
  2. Tenho 10 discos. Todos de várias idades, de várias marcas, vários tamanhos, 3.5 e 2.5, todos sata. Tenho 3 avariados, dois de 3.5 e um 2.5. Um de 1tb, um de 2tb e outro de 320gb. Estes 3 são os meus únicos WD. Agora como diz outro, "Agora pensem!". Bom fim de semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tenho vários WD tanto em NAS ou externos (3.5 e 2.5") e nunca me morreu nenhum. Agora pensem.

      Eliminar
  3. Há 10 anos comprei um disco externo de 4gb da wd em promoção por cerca de 250 euro para fazer backup de fotos e videos familiares que tinha em vários suportes. A dado dia, tinha o disco cerca de ano e meio, ao passar fotos para ele, começou com redundância cíclica e obrigou-me a reiniciar o pc pois bloqueou tudo. Ao reiniciar, deixou de ser detetavel, ainda pensei que fosse da placa mas foi erro na superfície fisica do disco. Não houve assunção de responsabilidade nem garantia por parte da marca e a minha solução seria gastar entre 2500€ a 4000€ para tentar recuperar as fotos e videos, sem garantia de eficácia. O disco teria de ser aberto em ambiente controlado e em vácuo por empresa especializada. Resumindo, lá se foram uns 6 anos de fotos e videos que não tinha em mais lado nenhum. WD nunca mais seguramente!!! Já hitachi e toshiba, ainda tenho discos de 30gb dos meus primeiros portáteis e as porradas que eles apanharam sem nunca falhar...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É muito chato perdemos os nossos dados, mas não percebo porque dizes que compraste o disco para fazer "backup" das fotos e vídeos e depois este avaria e não tens os dados noutro disco.

      Eliminar
    2. Tenho de concordar que não é a melhor marca: já tive problemas com Seagate apesar de ter um disco 40GB de 2002 (connector PATA) que ainda funciona. Agora a nível WD, comprei há uns anos um disco externo de 2TB, testei após a compra e estava ok, deixei-o no caixa, porque naquele momento não precisava de usar regularmente, de um momento para o outro deixou de arrancar... e nunca mais funcionou. Entre discos em desktop e este, já foram uns 4 da WD e 2 da Seagate. Talvez o melhor até hoje, foi da Hitachi.

      Eliminar
  4. Exatamente como o Nuno Santos disse, backup não é o lugar onde se armazena e sim o lugar onde você pode recuperar caso seu armazenamento seja danificado. Ou seja, você não tinha backup!

    ResponderEliminar

[pub]