2020/05/12

Xiaomi revela POCO F2 Pro


O muito aguardado Poco F2 Pro foi finalmente revelado e, tal como se suspeitava, acaba por se tratar de um Xiaomi Redmi K30 Pro.

O Poco F2 Pro tem como difícil missão ser o sucessor do impressionante Poco F1, que se tornou numa referência em termos de características a preço ultra-competitivo. Para esta geração, depois do Poco X2 baseado no Redmi K30, não foi suspresa que o F2 Pro usasse como base o Redmi K30 Pro.

Ou seja, temos um smartphone com ecrã FHD+ Super AMOLED de 6.67" com sensor de impressões digitais integrado, CPU Snapdragon 865 com sistema de dissipação LiquidCool 2.0, 6GB+128GB ou 8GB+256GB, câmara de 64MP + 13MP ultrawide + 5MP telefoto / macro + 2MP depth; câmara frontal 20MP com popup motorizado, 5G, ficha de headphones, BT 5.1 com aptX HD, bateria de 4700mAh com carregamento rápido de 30W, e Android 10. Conta também com Widevine L1, que lhe dá acesso aos conteúdos HD da Netflix, Amazon Prime Video, etc.


A Poco fez questão de por lado a lado este novo Poco F2 Pro com os modelos que considera concorrentes: o Samsung S20+ e o OnePlus 8 Pro, e obviamente que a comparação lhe é benéfica, considerando que se trata de um smartphone que custa substancialmente menos. No entanto também é impossível não referir que ambos contam já com ecrãs de refresh rate mais elevado enquanto o Poco se mantém com um ecrã de 60Hz (embora o touch seja feito a 180Hz).

Quanto aos preços, o Poco F2 Pro de 6GB+128GB custará 499 euros, enquanto que o de 8GB+256GB fica pelos 599 euros. São preços já muito distantes dos preços acessíveis do Poco F1, mas que continuam a ser bastante competitivos face ao que oferecem. Nas lojas online já pode ser encontrado a preços ligeiramente mais reduzidos (€461).

2 comentários:

  1. É minha impressão ou os preços online para smartphones estão caríssimos .

    ResponderEliminar
  2. O F1 era mais barato na altura uns 100 euros, mas era também menos completo ecrã e chassis eram bastante mais baratos.
    Tendo em conta o preço médio dos telem com o mesmo SOC até que está acessível.
    Não esquecer que o atual SD865 obriga a soluções mais dispendiosas, não tem modem o que obriga a mais um externo (X55).
    Basicamente é pena não ser a versão K30 Pro Zoom porque por 500 euros (ou menos em algumas lojas) não há nada que se chegue perto na performance.

    ResponderEliminar

[pub]