2020/06/06

Airy3D DepthIQ promete câmaras 3D de baixo custo


Com as câmaras 3D a terem-se tornado essenciais, quer para aumentar a segurança no reconhecimento facial, quer para aplicações de realidade aumentada, a Airy3D avança com um novo sistema DepthIQ que promete câmaras 3D ultra-económicas.

Enquanto a maioria dos fabricantes tem optado por usar múltiplas câmaras para conseguir obter informação 3D, ou recorrer a sistemas mais dispendiosos, como projectores IR ou sensores Time-of-Flight, a Airy3D propõe um método bastante mais económico e que basicamente permite transformar qualquer câmara convencional numa câmara 3D.


O seu sistema DepthIQ recorre a um TDM (Transmissive Diffraction Mask) aplicado ao sensor de imagem, que faz variar ligeiramente a forma como a luz incide sobre os pixeis dependendo da sua distância, permitindo calcular a informação 3D. A empresa diz que a camada adicional apenas implica uma redução de cerca de 3% em termos de nitidez e sensibilidade, permitindo que o sensor continue a ser usado para captar as imagens 2D tradicionais.




Este sistema não foi criado para competir no segmento dos topo de gama, que poderão continuar a apostar em métodos mais avançados como os Time-of-Flight, mas poderá ser extremamente atractivo para os smartphones de gama média e para as gamas mais económicas, já que o seu valor será pouco superior ao de uma câmara comum.

Sem comentários:

Publicar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]