2020/06/16

MS muda "rings" para canais de desenvolvimento


A Microsoft vai mudar a forma como testa as versões de desenvolvimento do Windows 10, abandonado os "rings" e passando a diversos canais.

Até agora o sistema de desenvolvimento do Windows 10 era baseado na frequência das actualizações, havendo um Fast ring, Skip Ahead ring, Slow ring e Release Preview ring; mas agora a MS quer mudar isso para um sistema mais tradicional que seja indicador do nível de qualidade do código, passando a contar com um Dev channel, Beta channel, e Release Preview channel (no fundo, poderiam ser chamadas as versões alpha, beta, e RC).

Como os próprios nomes indicam, o Dev channel será indicado para os mais aventureiros que não se importem de testar todas as novidades (com os riscos de instabilidade a isso associado); o Beta channel, com novas funcionalidades mas que já deverão estar em estado de utilização mais estável; e o Release Preview, destinado a validar que as novidades não causam problemas antes de serem disponibilizadas para o público.

... Mais que mudar os nomes, seria melhor a MS ver o que se passa com estas fases, já que as actualizações do Windows 10 continuam a causar desastres por todos os lados, desde os SSDs às impressoras que deixam de funcionar.

1 comentário:

  1. O problema é que eles continuam a ignorar problemas que são relatados pelos insiders, aqueles que testam no fast ring. A maioria dos problemas que têm sucedido, já tinham sido relatados por utilizadores, mas eles limitaram-se a ignorar. A pressa de lançar as coisas é muita.

    ResponderEliminar

[pub]