2020/07/30

Huawei ultrapassa Samsung e passa a liderar nos smartphones


O impacto do Covid-19 nos smartphones teve um efeito secundário inesperado, permitindo que a Huawei ultrapassasse a Samsung, passando agora a ocupar o topo da tabela dos fabricantes de smartphones.

Nos últimos anos a evolução da Huawei não deixou qualquer margem para dúvidas de que a empresa estava empenhada em lutar pelos lugares cimeiros. Um objectivo foi posteriormente dificultado pelo bloqueio dos EUA, impedindo a utilização dos serviços da Google nos smartphones Huawei, tornando-os muito menos apelativos para os utilizadores no ocidente.

No entanto esse bloqueio no ocidente foi recompensado com um reforço das vendas na China, e que agora resultam numa conjugação de factores que permitem à Huawei superar a Samsung segundo os dados da Canalys.


Os números mais detalhados revelam precisamente isso. Enquanto no resto do mundo a Huawei sofreu uma queda acentuada idêntica à dos demais fabricantes, na China a marca conseguiu aumentar as vendas no segundo trimestre, tendo sido isso suficiente para ultrapassar a Samsung e, pela primeira vez, passar para a liderança na tabela dos fabricantes mundiais.


Nota: ter em conta que a Canalys está a referir-se a "shipments" e não a vendas, pelo que há que ter em consideração que esta poderá ter sido simplesmente uma manobra de marketing por parte da Huawei, aproveitando a conjugação de factores para obter esta liderança à custa de um aumento temporário dos stocks nas lojas. Mas, mesmo sendo esse o caso, não deixa de ser uma boa jogada estratégica que dá uma vitória à Huawei numa altura em que tanto tem sido penalizada pelos EUA e, por "contágio", por alguns países europeus.

Sem comentários:

Publicar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]