2020/08/06

Ajustar limpa-pára-brisas num Tesla deu multa na Alemanha


Um condutor alemão foi multado e ficou com carta suspensa, depois de ter estado envolvido num acidente enquanto estava a ajustar a velocidade de operação do limpa-pára-brisas num Tesla Model 3.

O condutor não ficou satisfeito com a decisão, considerando que estava apenas a "operar o veículo", e avançou para os tribunais. Mas os tribunais mantiveram a decisão, dizendo que o touchscreen do veículo, apesar de ser essencial para o acesso e controlo de muitas das suas funções, constitui um dispositivo electrónico que implica que só deva ser utilizado durante breves instantes durante a condução, e apenas quando houver condições (trânsito, condições atmosféricas, etc.) que permitam fazê-lo em segurança.


O Model 3 da Tesla vem com limpa-para-brisas automáticos, que podem também ser activados manualmente na haste ao lado do volante. No entanto, ajuste manual da velocidade dos mesmos - que na maioria dos automóveis também está acessível directamente através das hastes ou botões no volante - tem que ser feita através do touchscreen, tendo sido esse ajuste que terá distraído o condutor ao ponto de provocar um acidente.

Como se pode ver na imagem no topo, o acesso e ajuste da velocidade do limpa-pára-brisas até nem é assim tão complicado. Mas, com esta decisão, relembra que o recurso (cada vez mais frequente) aos touchscreens nos carros não dá direito a que se tire os olhos da estrada - e o mesmo poderia aplicar-se a qualquer outra operação no ecrã de qualquer outro automóvel: por exemplo, estar a ver informação sobre a próxima revisão do veículo, ou estar espreitar as definições Bluetooth, ou a ajustar as definições do som, etc.

3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  2. Esta notícia omite de forma muito grosseira a parte mais importante da mesma. Basta ler o título do artigo original:
    - Os controlos dos limpa pára-brisas dos Tesla foram considerados ilegais na Alemanha


    Em resumo, um cidadão Alemão teve um acidente, porque estava a mexer no ecrã do seu Tesla, para alterar as definições do limpa pára-brisas. Apanhou uma multa e ficou inibido de conduzir durante algum tempo. Contestou esta sanção e o tribunal declarou que os controlo das funções "vitais" de um carro, não podem retirar nem a atenção nem a linha de visão do condutor da estrada, daí este sistema da Tesla ser considerador ilegal, e terá repercussões no modo de operação das viaturas da marca.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vitor, estás completamente equivocado, e esse título que referiste é que é completamente falso e só serve para clickbait. Podes ver a mesma notícia de forma mais informativa aqui, por exemplo.

      O tribunal não disse que era ilegal (nem seria possível, considerado que o carro foi certificado e tem homologação para circular na Alemanha), o que disse é que era da responsabilidade do condutor manter os olhos e atenção na estrada, e que o uso do touchscreen deve ser tratado como o de qualquer outro ecrã no automóvel.

      Eu sei que é fácil ser levado pela leitura rápida dos títulos (e errar é humano, também já me enganei noutras ocasiões) - mas neste caso, o que induz claramente e deliberadamente em erro é o título da notícia que referiste... mas pronto, nesta era onde os clicks é que mandam (para alguns), já nada surpreende.

      Eliminar

[pub]