2020/08/16

As medidas imperiais vs métricas


A velha "guerra" das unidades imperiais vs métricas é algo que dura há séculos, mas não deixa de ser algo vergonhoso que se mantenha em pleno século XXI.

Ao contrário do que acontece no sistema métrico, onde até uma criança rapidamente consegue perceber que um metro tem mil milímetros e um quilómetro tem mil metros, nas unidades imperiais ficamos perante um verdadeiro zoológico de unidades inventadas à sorte, e que na maioria dos casos até fazem suspeitar que foram propositadamente definidas por um comediante que procurava rir-se à custa do público. Converter de milhas para pés ou polegadas é uma aventura, e o vídeo que se segue descreve-o na perfeição.

Temos ainda a parte mais ridícula de todas de que, actualmente, as próprias unidades imperiais são definidas em função das unidades métricas; pelo que na verdade a manutenção das medidas imperiais acaba por ser mesmo uma questão de teimosia, uma mera máscara por cima do sistema métrico, que continuará a baralhar gerações desnecessariamente.

4 comentários:

  1. Plenamente de acordo, manter o sistema imperial é um absurdo e somente se mantém pq o principal impulsionador é os Estados Unidos. Se fosse outro país já ninguém falava nele.

    ResponderEliminar
  2. Concordo plenamente!
    Televisões de 45", 55" e 65" ... é passar tudo para centímetros! Deixem de importar televisores dos EUA!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Medidas dos ecrãs e das jantes e pneus são das poucas coisas que ainda vao resistindo nos países métricos.

      Eliminar
    2. Tubagens e cablagens também.
      Confesso que as polegadas dão jeito como medida comparativa, porque (quase) toda a gente consegue medir e distinguir 1/2 polegada de 2 polegadas, mas ainda assim apenas quando são até duas ou três. Medir 500 polegadas é um exercício de paciência. :)

      Eliminar

[pub]