2020/08/21

Facebook diz adeus ao interface clássico


Quem ainda se mantiver agarrado ao interface clássico do Facebook deverá começar a mentalizar-se para a mudança, pois o Facebook irá desactivá-lo em Setembro e obrigar todos os utilizadores a usar o novo interface.

O Facebook tem estado a testar o novo interface há cerca de um ano, tendo passado a utilizá-lo de forma oficial desde Maio. No entanto, os utilizadores que não apreciassem o novo estilo inspirado nos interfaces mobile podiam continuar a utilizar o interface clássico - coisa que deixará de ser possível a partir de Setembro.


O Facebook está a notificar os utilizadores que ainda vão optando por utilizar o interface clássico, perguntando se o estão a fazer por haver funcionalidades que não estejam ainda disponíveis no novo; mas de uma forma ou de outra, parece ser inevitável a mudança, independente do que os utilizadores acharem.

Não sendo um utilizador assíduo ou regular do Facebook, não posso dizer que tenha opinião formada sobre o novo interface, a não ser a minha habitual posição quanto à tendência de desperdiçar cada vez mais espaço e apresentar cada vez menos informação nos ecrãs. Isso até pode ser necessário e funcional num smartphone ou tablet, onde são necessários elementos que se possam tocar com os dedos, mas parece-me ser completamente contrário ao que se desejaria ter num desktop, onde se estará a utilizar um rato ou trackpad.

Actualmente, numa página em ecrã completo do Facebook no browser, consigo ver 13 secções no painel lateral esquerdo numa página de grupos. Quando nos recordamos que até nos tempos da "pré-história" dos monitores de fósforo verde os computadores podiam apresentar 25 linhas de texto, desculpem-me se não acho isto uma evolução... ;P

2 comentários:

  1. Apoio totalmente... a nova interface é uma palhaçada. Antes desse aviso experimentei e usei por uns meros minutos para voltar à antiga. Agora vejo-me obrigado a usar a nova... acho que vou reduzir, o meu já pouco, tempo em que passo no feed.

    ResponderEliminar
  2. Estou um pouco abismado. Não uso mais Facebook, faz alguns anos, mas nunca pensei que eles fossem cometer o erro de não estar a mudar o visual pelo menos todos os anos... sim, existe sempre quem não queira que as coisas mudem, mas depois mudam-se simplesmente para uma coisa totalmente nova ou abandonam a antiga sem sequer mudar para uma nova, e é por isso que o Facebook não dá "ouvidos" a quem reclama da mudança, porque sabe perfeitamente que só assim tem alguma hipótese de permanecer relevante e de não se tornar uma plataforma abandonada com milhares de milhões de não utilizadores. Por algum motivo decidiram juntar o WhatsApp, Messenger do Facebook e as mensagens directas do Instagram tudo numa só plataforma comum, para garantir que quem estiver no Facebook consegue comunicar com os outros mesmo em outros web sites/ serviços do Facebook, e desconfio (embora nada indique tal de momento) que mais cedo ou mais tarde irão querer integrar o Instagram no Facebook fazendo desaparecer o instagram e que façam desaparecer o WhatsApp e as mensagens instantâneas do instagram em favor de um "Facebook Messenger" (talvez com outro nome tipo IMFB). Imagino que os serviços de inteligência não estejam lá muito satisfeitos com terem de analisar tantos dados de proveniências diferentes quando podiam estar tudo concentrado já que é tudo da mesma empresa, é por isso que acho que tentarão concentrar tudo no Facebook e verem-se livres das outras plataformas que adquiriram.

    ResponderEliminar

[pub]