2020/08/02

Microsoft interessada em comprar TikTok


Com o sucesso do TikTok a torná-lo num alvo para Trump, que promete bloqueá-lo nos EUA se se mantiver sob controlo da China, eis que surgem indicações de que a Microsoft poderá estar interessada em comprá-lo.

Independentemente de ter conseguido atingir o sucesso à custa de milhares de milhões gastos em publicidade, o que é certo é que o TikTok tem de facto conseguido cativar utilizadores, que com facilidade se viciam no formato viral dos seus vídeos de curta duração. Também curioso é todo o processo que o fez chegar a este ponto, já que inicialmente esta era uma app chmada Musical.ly, de uma startup norte-americana, que se dedicava a gravar vídeos de pessoas a cantarem as músicas das suas vedetas favoritas ao estilo karaoke. Em 2017 foi comprada pela ByteDance chinesa, e remodelada para dar origem ao TikTok.

Agora, como forma de tentar manter o sucesso conseguido, a ByteDance já revelou estar disposta a ceder o controlo da plataforma na sua vertente ocidental, com a Microsoft a ser referenciada como uma das potenciais empresas interessadas. (Actualização: afinal parece que ficou em suspenso por agora.)



No entanto isso poderá não ser suficiente para garantir a permanência do TikTok nos EUA, já que parece que Trump está decidido a proibir a app no território, ao estilo do que a Índia tem feito com apps chinesas, incluindo o TikTok, WeChat e muitas outras. No entanto, os especialistas dizem que nos EUA a tarefa de proibir uma app será bem mais complicada devido às protecções à liberdade de expressão e, por agora, toda a polémica servirá apenas para funcionar como publicidade extra gratuita que dá ainda mais visibilidade ao TikTok.

1 comentário:

  1. Claro que estão interessados, os gajos querem obrigar os chineses a vender a empresa a uma empresa americana para continuarem a operar lá, a microsoft está mesmo a ver se compra aquilo a preço de desconto.

    ResponderEliminar

[pub]