2020/08/07

Microsoft interessada no TikTok na totalidade


Depois das intenções iniciais de ficar apenas com a secção do TikTok que operava nos EUA, a Microsoft aumenta as suas ambições e diz que está interessada em ficar também com as operações na Europa e outras regiões.

O TikTok tem estado sob forte pressão para ceder o controlo das operações nos EUA a uma empresa norte-americana, sob a ameaça pendente e pessoal do Donald Trump que já assinou a ordem para proibir o TikTok e WeChat nos EUA a 20 de Setembro. A empresa que neste momento parece mais bem posicionada para essa aquisição é a Microsoft, depois da Apple desmentir rumores de que também estaria interessada na plataforma que tem tido um sucesso viral (com a ajuda de uns "biliões" investidos em publicidade). E agora surgem relatos que a MS está interessada não só no TikTok nos EUA, mas algo mais abrangente.

Segundo os últimos relatos, a Microsoft quer ficar com o TikTok a nível global, incluindo as operações na Europa e Índia (onde de momento está banido), potencialmente deixando apenas de fora o TikTok na China.

É um negócio que faz bastante mais sentido, já que não tem muita lógica estar a "partir" o TikTok em regiões, pelo menos no que diz respeito ao sector ocidental. Por outro lado, isso é algo que garantidamente irá inflacionar os biliões deste potencial negócio - mas, nesse aspecto, a iminente ameaça de proibição por parte de Trump pode funcionar para reduzir um pouco a factura final, embora à custa de antagonizar ainda mais o governo Chinês (que facilmente poderá contrapor que também as empresas norte-americanas que operem na China tenham que ser vendidas a empresas locais). Veremos no que esta grande confusão resulta...

Sem comentários:

Publicar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]