2020/09/14

Nvidia vai comprar ARM por 40 mil milhões de dólares


Os rumores confirmaram-se, e vai ser mesmo a Nvidia a ficar com a ARM, num dos maiores negócios de sempre com um valor de 40 mil milhões de dólares.

A ARM tinha sido comprada pela SoftBank em 2016 por 32 mil milhões de dólares, que agora decidiu vendê-la para recuperar de outros investimentos que não correram tão bem. Poucas empresas havia com capacidade para comprarem a ARM, sendo que entre os possíveis candidatos se referiram empresas como a Apple e a Intel. No entanto, foi a Nvidia que desde logo parecia ser a mais interessada, e com isso a ficar confirmado com o anúncio oficial de aquisição da ARM por 40 mil milhões de dólares.

Embora seja uma excelente aquisição para a Nvidia reforçar o seu portefólio, este é um negócio que deixará muitas outras empresas numa situação um pouco ingrata. Até ao momento a ARM era uma empresa que se limitava a desenvolver e licenciar tecnologia, não produzindo nem vendendo chips directamente. Agora, passará a pertencer a uma empresa que produz chips e que irá fazer concorrência directa aos clientes que licenciarem a tecnologia ARM.

Levando-se ao extremo, faz também pensar no que poderá acontecer se a Nvidia decidir que deixará de licenciar a tecnologia ARM a alguns dos actuais parceiros (por exemplo, a Apple) - o que colocaria um travão em todo o seu desenvolvimento e processo de transição para CPUs ARM nos Macs.

Mas, por agora é esperar para ver. A compra da ARM ainda demorará mais de um ano a ser efectivada, e isto no caso de nenhuma das entidades reguladoras dos EUA, China, e Europa, levantar objecções ao negócio.

2 comentários:

  1. E que negócio!

    Mas sim... Isto vai dar ainda que falar.

    ResponderEliminar
  2. A autoridade da concorrência americana nunca permitiria que a Apple ou a Intel adquirissem a ARM. A própria NVIDIA vai de certeza absoluta ser obrigada a manter os licenciamentos da ARM sem alterações durante vários anos. Convém ainda esclarecer que a Apple já não "compra" designs de chips ARM desde 2012. Desde o A6 que os chips são desenvolvidos internamente. A única coisa que a Apple licencia é o set de instruções (ISA license) por questoes de compatibilidade com outros chips. Na verdade a Apple está muito mais confortável com esta aquisição do que fabricantes como a Qualcomm, a Medaitek e outros.

    ResponderEliminar

[pub]