2020/09/02

Painéis solares e isolamento com ajuda até €7500 para casas anteriores a 2006


Quem estiver a pensar fazer algumas remodelações em casa poderá aproveitar o mais recente programa de incentivo à eficiência energética, que comparticipa até 7500 euros no caso de colocação de painéis solares, janelas, e isolamento térmico, em habitações construídas antes de 2006.

O Programa de Apoio a Edifícios Mais Sustentáveis terá um fundo de 4.5 milhões de euros, comparticipando obras a 70% até um limite de 7500 euros. Estão contempladas coisas como:
  • Janelas eficientes, de classe igual ou superior a “A+”;
  • Isolamento térmico com ecomateriais ou materiais reciclados;
  • Sistemas de aquecimento e/ou arrefecimento ambiente e de águas quentes sanitárias (AQS) que recorram a energia de fonte renovável, de classe A+ ou superior;
  • Bomba de calor Sistema solar térmico Caldeiras e recuperadores a biomassa com elevada eficiência);
  • Caldeiras eléctricas quando acopladas a outros sistemas que recorram a energias renováveis (bombas de calor e painéis solares);
  • Instalação de painéis fotovoltaicos e outros equipamentos de produção de energia renovável para autoconsumo;
  • Intervenções que visem a eficiência hídrica: substituição de equipamentos por equipamentos mais eficientes (torneiras das casas de banho, torneira do lava-loiças; chuveiros, autoclismos, autoclismos com dupla entrada de água (potável e não potável), fluxómetros, redutores de pressão e reguladores de caudal).

O processo será simples: os interessados fazem a obra, e depois enviam a factura digitalmente, acompanhada por fotos (estando a mesma sujeita a inspecção), e terão o valor correspondente creditado na conta.

O prazo para apresentação das candidaturas abre no dia 7 de Setembro de 2020 e prolonga-se até 31 de Dezembro de 2021, embora seja de imaginar que não seja preciso muito tempo para que o valor disponível se esgote numa questão de semanas (ou dias). Uma boa oportunidade para se avançar com a instalação de painéis solares ou outras melhorias. :)

59 comentários:

  1. Estranho... o link de "Programa de Apoio a Edifícios Mais Sustentáveis" parece ter deparecido.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Alteraram o link, já corrigi.

      Eliminar
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    3. Em Junho deste ano 2020 substitui janelas e portas antigas por novas em pvc, esta despesa pode ser contemplada neste programa?

      Eliminar
    4. Se a fatura doencomvdatavdepoisbde 7 de Setembro

      Eliminar
    5. O Ar do condicionado está contemplado?

      Eliminar
    6. As boas Noticias ,são de Gelo, se desaparecem rapido porque a maquina do gelo é para os Governates e Amigos

      Eliminar
  2. O link existe. A página está bem. O conteúdo é que desapareceu...
    Link atualizado em
    www.fundoambiental.pt/fundo-ambiental-disponibiliza-45m-de-euros-para-tornar-edificios-mais-sustentaveis.aspx

    ResponderEliminar
  3. A ideia não é má, mas não me agrade o facto de fazer primeiro e esperar que o projecto seja elegível e que ainda não tenha atingido a "dotação" definida.

    É bom para quem iria mesmo fazer essa instalação e tem assim uma possibilidade de amortizar um pouco o investimento, agora "gastar o que não se tem" e depois não conseguir o apoio, dá que pensar...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O "gastar o que não se tem" nunca é boa proposta, independentemente de fundos ou incentivos que existam. :)

      Eliminar
    2. Claro que não! Mas se fosse um programa de apoio, por via de Orçamento e não por Recibo, abriria a possibilidade de investimento a quem tem (por exemplo) 300€ para por painéis solares, mas não pode despender de 1000€ sem ter a certeza que vai receber os 70%...

      Eliminar
    3. A mim agrada... Acabei de colocAr janelas dessas antes do verão. Agora vi isto e vou tratar.

      Eliminar
    4. Segundo o regulamento, o recibo tem de ser posterior a 7 de Setembro. Se já o tiveres, é sempre uma questão de falares com o fornecedor para tentar uma solução.

      Eliminar
    5. Tem toda a razão Rui. Outra situação que acho mal são os limites máximos, se para uma bomba de calor o limite é de 2500€ para umas janelas eficientes o máximo é de 1500€.
      Não faz sentido subsidiar luxos de bombas de calor quando não se tem o essencial como janelas eficientes.

      Eliminar
  4. Candidatei-me há 2 anos Aviso 25.PNAEE.PT, colocação painel solar para águas quentes.Informaram por email em Fevereiro que ate ao fim do mesmo .seria aprovado e divulgadas as propostas aprovadas.até ao momento não informaram mais. (Painel colocado em Maio de 2019) Continuo a aguardar desisao....

    ResponderEliminar
  5. E quem já colocou painéis ou janelas. Ainda tem direito ao apoio ?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como o Rui disse num comentário: "o recibo tem de ser posterior a 7 de Setembro".

      Eliminar
  6. E agora que gastei em agosto 1800 paus em autoconsumo fénix 😂

    ResponderEliminar
  7. Precisava mudar as janelas do meu apartamento, alguém me pode inf. Como devo proceder? Obrigado.

    ResponderEliminar
  8. Boa noite como posso inscrever-me?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Leia novamente o artigo !

      É assim tão complicado ?!

      Eliminar
  9. A ideia é boa e podia ser eficaz, o ser feita mediante fatura final, evita as fraudes, mas o problema é saber até quando chega a verba disponível e se realmente vão pagar. Ultimamente tem sido feita muita promessa e poucas são executadas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. À partida não se sabe, é uma candidatura que tem como base um fundo de apenas 4,5 milhoes de euros.
      Ou seja, corremos o risco de não ser aceite e/ou de já não haver fundo.
      Se considerar mudança de janelas, 4.5 milhões para um limite max de 1500€ dá para 3000 casas. Isto se tudo fosse alocado em janelas.

      Eliminar
    2. Atenção que são apenas 1,75 milhões para 2020... ... os restantes 2,75 milhões são para 2021...

      Eliminar
  10. Atenção ao ano da moradia só anteriores a 2006 não esquecer.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O que conta é o alvará ou a licença de utilização

      Eliminar
  11. Alguém sabe se é só para habitações ou lojas também estão abrangidas.

    ResponderEliminar
  12. Estou a pensar fazer uma remodelação da cobertura da minha moradia de 2000, com maior eficiência energética, alterar as caixilharias e a caldeira de AQS (gasóleo).
    Gostava de saber qual o valor/percentagem de comparticipação e condições?
    É necessário apresentar um estudo de eficiência energética?
    Não há forma de saber se a candidatura e ou não aprovada antes de executar a obra?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Manuel Losa, talvez seja melhor colocar essas questões directamente ao projecto:
      Para esclarecimentos adicionais sobre este Programa, contacte-nos através do endereço: edificios@fundoambiental.pt

      Eliminar
  13. A partir de 7 de setembro haverá mais dados. O que está escrito é que as candidaturas decorrem a partir de 7 de setembro, não diz que a instalação deva ser efectuada apartir dessa data. Vamos aguardar por mais dados e o devido formulário.

    ResponderEliminar
  14. O Ar do condicionado está contemplado?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A preguiça de ler é muita, não é? É mais fácil gastar tempo a colocar uma pergunta para outro alguém responder, não é?...

      Eliminar
  15. Regulamento detalhado. As coberturas são pequenas e o labirinto de requisitos e certificados necessários apenas favorece algum amigo(s) que já tem isto na manga. Mais do mesmo...

    https://www.fundoambiental.pt/ficheiros/regulamento-edificios-sustentaveis-pdf

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exacto. E depois andam a comparticipar bombas de calor quando as pessoas nem janelas têm.

      Eliminar
    2. Alguém por lá andava a necessitar de colocar uma bomba de calor na piscina :)

      Eliminar
  16. Trata-se de mais uma treta do governo:aposte (gaste o seu dinheiro) e pode ser que ganhe (o que nunca acontece). Isto dó interessa a empresas do ramo, aliás não é por acaso que esta empresa publicita o engano, pois dó tem a ganhar. No fim, vão ver que o contemplado foi apenas 1 (uma grande empresa) que ficou com o dinheiro todo, e o governo não deu nada, pois recebeu de IVA (dos crentes) o triplo fo valor.
    Ainda assim, por baixo da mesa, alguns governante vão ter casa paga no Algarve. Abram os olhos.

    ResponderEliminar
  17. Enfim foi uma notícia para dar nos media e em termos práticos é só pra quem já podia fazer o investimento..
    . Pobreza energética e falta de eficiência energética nas casas vai continuar na esmagadora maioria dos casos. Faz lembrar a questão da obrigatoriedade do certificado energético em casas para venda e aluguer sem poder-se fazer nada em relação ao estado das mesmas casas...

    ResponderEliminar
  18. Quando li a notícia, fiquei entusiasmado, pois vou substituir janelas e pôr capoto em setembro. Ao ler o regulamento, refreei os ânimos: limite baixo para janelas (dá para 3 ou 4 eficientes); capoto aparentemente não incluído (não é ecomaterial ou reciclado, creio); empresas têm de estar inscritas num dos portais indicados... Muitos obstáculos. Em todo o caso, vou tentar!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, exacto. Foi o que eu pensei... Na minha zona não tenho instaladores/fabricantes das ditas com janelas classe A+ (que não passa de mais uma burocracia para os fabricantes e instaladores). Eu pretendia colocar uma série boa de uma marca de referencia mas não aderiu a essa lista.... Em relação aos isolamentos serem materiais ecológicos e/ou eficientes, não sei onde os encontrar (ah... e eu sou da área da construção) e além disse são muito mais caros. Haja decência para pôr estes requisitos!!! ou seja, é uma mão cheia de nada!

      Eliminar
  19. Meus senhores afinal qual é o link para submeter a candidatura, segundo o que li já foi alterado?
    Obrigado.

    ResponderEliminar
  20. Será que os painéis de sanduíche para cobertura estão abrangidos?

    ResponderEliminar
  21. Nunca estamos satisfeitos com nada, não é?... Se há é porque há, se não há é porque não há...

    ResponderEliminar
  22. Bom dia será que alguém me poderia enviar link para ribeiro@ribeiro.com

    ResponderEliminar
  23. Bom dia, as ilhas da Madeira e Açores ficaram de fora, porquê?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os Açores tem o seu plano regional de apoios: https://portaldaenergia.azores.gov.pt/portal/Servicos/Proenergia/portalid/0

      Eliminar
  24. isto é mais uma para depois da possivel inspeçao subir o IMI das casas, com nova eficiencia energetica :)

    ResponderEliminar
  25. Boas,
    Pessoal alguem pode-me esclarecer sobre "construidas até 2006".
    A minha moradia tem licença de construção 2004 e licença de habitação em 2007.
    Não percebo muito disto. Mas pelo que ouvi o ano 2006 é o ano apartir do qual existiria legislação própria para questões energéticas.... no entanto quando a minha foi projetada não era obrigatorio paineis... agora demorou tanto tempo a ser construida...
    Alguem pode esclarecer qual a data/documento que tenho de verificaR?

    ResponderEliminar
  26. No governo de José Sócrates aderi ao programa do governo para a instalação de painéis fotovoltaicos.Funcionou muito Bem.Todo o processo foi através do banco, da qual dispunham de uma lista com todas as empresas que aderiram ao programa.

    ResponderEliminar
  27. A questão que eu ponho é 4,5 milhões de euros!Muito pouco dinheiro para um programa desta dimensão

    ResponderEliminar
  28. A telha sanduíche /telhado está contemplado?

    ResponderEliminar
  29. Tb gostaria de saber se a telha sanduíche está incluída? Necessito mudar o telhado

    ResponderEliminar
  30. Colocar telhado isotérmico também é contemplado.?

    ResponderEliminar
  31. colocar caldeiras de aquecimento é complicado. Minha habitação tem 3-janelas as outras são janelas grandes de varandas qual e a percentagem a pagar por mim .Colocar um telhado isotérmico é complicado .

    ResponderEliminar
  32. tudo muito bem mas fazer a obra e depois apresentar a factura? para ser reembolsado é à potuguesa alguem se vai orientar. desse sistema não tenho interesse algum.

    ResponderEliminar
  33. Boa tarde

    Conseguem-me esclarecer se o capoto nas paredes exteriores também entra?

    Obrigado.

    ResponderEliminar

[pub]