2020/09/04

Tribunais dos EUA dão razão a Snowden


Edward Snowden vê validadas as suas denúncias, com os Tribunais norte-americanos a darem-lhe razão e a considerarem ilegal, e provavelmente inconstitucional, a recolha de dados em larga escala feita pela NSA a todos os cidadãos.

Em 2013 Snowden confirmou ao mundo que muitas das suspeitas e teorias da conspiração sobre a espionagem feita pelos EUA era, na realidade, factos. Aliás, era até um caso em que a realidade superava a ficção, com a recolha de dados a ser feita a uma escala sem precedentes, e regularmente abusadas por quem tinha acesso ao sistema.

As autoridades norte-americanas defendiam-se, dizendo que "apenas" estavam a recolher metadados e não a fazer gravações dos telefonemas, e que por isso em nada violavam a privacidade dos cidadãos. Uma tentativa de desvalorizar a situação que não convenceu os tribunais, que determinaram que a recolha desses metadados é definitivamente ilegal, e potencialmente indo até contra a constituição norte-americana.



Perante esta decisão dos tribunais, reforçam-se os pedidos para que Edward Snowden seja perdoado de todas as acusações, e seja permitido o seu regresso aos EUA.

2 comentários:

  1. E temos o Trump a implicar com os chineses quando temos empresas americanas e o próprio governo constantemente envolvidos em escândalos de recolha de dados e abusos repetidos... irónico no mínimo.

    ResponderEliminar
  2. Administrações diferentes.
    É mais complexo do que pelos vistos entendes...

    ResponderEliminar

[pub]