2020/09/05

NASA testa booster do SLS


A NASA testou os foguetes adicionais (boosters) que fazem parte do SLS que permitirá fazer lançamentos de grandes dimensões, incluindo missões tripuladas, para o sistema solar.

O SLS tem sido uma das grandes apostas da NASA, mas sido também um dos projectos mais criticados devido aos inúmeros atrasos e adiamentos e, principalmente, ao custo astronómico que se tem multiplicado ao longo dos anos. Recentemente a NASA veio dizer (mais uma vez) que o SLS irá custar 30% mais que a anterior estimativa de 2017, já de si revista e aumentada face às precedentes.

No total - por agora - é dito que o SLS custará 9.1 mil milhões de dólares, a que acrescem 2.4 mil milhões para os sistemas de suporte da missão no solo (em 2017, altura que já se esperava que estivesse pronto para o primeiro lançamento, o valor indicado era de 7 mil milhões). Sendo que, desde 2011, a NASA já recebeu mais de 20 mil milhões para o desenvolvimento do projecto.

É bom ver finalmente alguma coisa a mexer, e a NASA diz que possivelmente poderemos ver o primeiro lançamento do SLS lá para Novembro de 2021 (em 2017 diziam que o lançamento seria entre Dezembro de 2019 e Junho de 2020). Veremos que avanços faz a SpaceX até lá... sendo que ao ritmo a que tem avançado, por essa altura já deverá ter uma Starship em versão final, funcional.

Sem comentários:

Publicar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]