2020/10/30

Apple bloqueia reparações não-oficiais dos iPhone 12

A Apple reforçou a validação dos componentes, tornando praticamente impossível reparar um iPhone 12 fora de local autorizado.

Numa altura em que na Europa, e também nos EUA, os movimentos do direito à reparação (right to repair) vão ganhando protagonismo, a Apple decide seguir em caminho inverso, tornando ainda mais difícil - para não dizer impossível - reparar um iPhone 12. Como se não fosse suficiente que, ao trocar um ecrã de um iPhone 12 por outro de outro iPhone 12, se levasse com um aviso de que o ecrã "possa não ser legítimo" (embora o seja); a situação complica-se ainda mais quando alguém se aventura a trocar a câmara de um iPhone 12 para outro, pois nesse caso temos comportamentos bastante estranhos, com algumas câmaras que nem sequer funcionam.



O que se passa é que a Apple aumentou o número de componentes no iPhone 12 que necessitam de ser registados oficialmente quando são substituídos, para que fiquem a funcionar bem, e que incluem coisas como a bateria, ecrã, e as câmaras.


Era algo que a Apple já exigia para componentes ligados à autenticação, como o sensor de impressões digitais no Touch ID ou a câmara frontal no Face ID; mas que no caso de ecrãs e câmaras traseiras, não faz qualquer sentido estar a restringir a substituição / reparação - e ainda mais quando se trata de uma empresa que diz estar a fazer tudo pela "sustentabilidade", algo que obviamente deveria passar também pela facilitação dos processos de reparação, para que os seus iPhone se possam manter funcionais durante mais tempo.

Veremos se teremos que chegar ao ponto de ter que haver legislação europeia a exigir que se possam trocar componentes avariados de smartphones, sem que se tenha que pagar numa taxa Apple (neste caso) para que esses componentes possam funcionar devidamente (mesmo quando são garantidamente legítimos, como os que são retirados de outros iPhones).

6 comentários:

  1. Daquilo que tenho conhecimento isso já acontece desde o Xs. Em que mesmo com componentes originais para que eles funcionem devidamente têm que ser calibrados e tem que haver reparação aberta em sistema Apple

    ResponderEliminar
  2. Isto é vergonhoso a todos os níveis.

    ResponderEliminar
  3. Acho que já vi este filme noutra altura.
    Diz-se uma coisa e depois vem a ser outra.
    https://abertoatedemadrugada.com/2019/09/iphone-11-vai-apresentar-aviso-ecras-genuinos.html

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Afinal veio a ser exactamente o que se disse, não?

      Eliminar
  4. E deixar de comprar iphones

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A verdade é que os androids nao apresentam (parece-me mesmo impossivel) o glamour/fama/prestígio que a marca da maçã convence ter. Digo isto como utilizador android e com um telemovel de alta gama ( samsung s20 ). A malta gosta de ostentar e nao so em telemoveis. Este mercado vai continuar a fluir.

      Eliminar

[pub]