2020/10/14

Hackers infectam MacBook via T2

Ter total controlo sobre um Mac é algo que agora pode ser feito de forma instantânea, graças à vulnerabilidade presente no chip de segurança T2.

Os MacBooks com chips T2 juntam-se à família de equipamentos que pode sucumbir a um hacker da mesma forma que habitualmente vemos nos filmes: bastante ligar-lhe um cabo USB, e já está.

Por agora os hackers demonstraram como este tipo de ataque dá acesso completo à UEFI, alterando o logo apresentado durante o arranque, e alertam que a técnica já deverá fazer parte do conjunto de ferramentas ao serviço das agências de segurança de diversos países.

Um dos pontos mais caricatos no meio de tudo isto, é que neste caso a porta de entrada para se infiltrar no sistema foi precisamente um chip extra cuja função era reforçar a segurança; e que nada poderá ser feito para o corrigir, já que se trata de uma vulnerabilidade de hardware, sem hipótese de ser resolvida através de uma actualização remota.

1 comentário:

  1. Não existe nenhum sistema seguro. Mais tarde ou mais cedo haverá sempre alguém que consiga furar o sistema.

    ResponderEliminar

[pub]