2020/10/13

Portugal no top 3 dos dados móveis mais caros

Confirmando o que os portugueses sentem na carteira todos os meses - por muito que os operadores de telecomunicações o tentem negar - Portugal está no top 3 dos países com dados móveis mais caros por gigabyte.

A maioria dos portugueses não pode dar um uso despreocupado ao seu smartphone, sob pena de ultrapassar o seu limite de dados e ficar sujeito ao pagamento de "aditivos" a preços exorbitantes. Mas nem sempre é fácil ter a percepção do quanto os portugueses são penalizados face à maioria de outros países, e quando isso é colocado numa tabela, os resultados são ainda piores do que se poderia imaginar.

Um relatório finlandês (pdf) coloca Portugal na 3ª posição dos dados móveis mais caros por gigabyte, quase ao mesmo nível do Canadá e Japão que ocupam os dois lugares cimeiros.


O preço médio de €5 por GB praticado em Portugal é completamente incompreensível e injustificável face à média da União Europeia de €1 por GB (!), e a anos-luz da Finlândia, onde o preço por cada GB de dados móveis é de cêntimos e faz com que se torne no país com maior utilização de dados móveis: 17.3GB/mês por cartão SIM.

Tal a disparidade de preços, não há qualquer argumento possível para esta discrepância. Os operadores nacionais bem que podem continuar a tratar os portugueses como sendo a sua "galinha de ovos de ouro", mas pelo menos que tenham a decência de abdicar dos limites de dados e começar a oferecer dados móveis verdadeiramente ilimitados a preços decentes; para que as ligações móveis possam começar a ser alternativas viáveis às ligações fixas.

15 comentários:

  1. Ora aqui está

    Mas quando chegar o verão, não se esqueçam de ir todos aos festivais patrocinados por essas empresas.

    Ah, e já agora, torçam mesmo muito pelas equipas de futebol "profissional" que recebem fatias avultadas de dinheiro dessas mesmas empresas.

    Dinheiro que veio de onde? Dos gigabytes dos pacotes caríssimos de telecomunicações pagos quase a peso de ouro...

    ResponderEliminar
  2. Eu agora passei de 20€ por mês com dados ilimitados( tiraram os "caps" de 80gigas em março) para 8€ com 100gigas chamadas e SMS nos 10 000 minutos

    ResponderEliminar
  3. Acho que cada pinta a coisa como dá mais jeito.
    Os wtf têm 10 gb por 21€ mais 10000 minutos. E os tarifários da meo e vdf devem ser tambem por aí.
    Mas a media é serve para estas coisas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. o WTF e similares têm limite de idade para ter um cartão desses? Ou ja não é assim?

      Eliminar
    2. Então continua a gastar ao fim dos 10gb e vais ver se não pagas os 5€ por GB. Na Vodafone eu pago isso ou ainda mais.

      Eliminar
  4. E se fizerem a analise tendo em consideração o custo de vida, olhando como indicador para o ordenado mínimo de cada país e vendo a percentagem do custo por GB tendo em consideração este valor, aposto que ficávamos logo com o preço mais caro! É que temos pacotes de telecomunicações "baratos", que chegam bem a 10% do ordenado mínimo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. +1.
      E mais, isto acontece devido à cartelização das operadoras em Portugal e do facto das autoridades reguladoras competentes compactuarem com esta situação.

      Eliminar
    2. Completamente! Podem fazer alguma campanha mas passados meses estão todos ao mesmo nível.

      Eliminar
  5. Sem querer defender os gatunos, a Vodafone tem o plano Go com dados a 50 cêntimos por GB.
    Mas em Espanha por €20 há tarifários com tudo ilimitado.

    ResponderEliminar
  6. UK: £18, tudo ilimitado, incluindo em Roaming (em PT via MEO), chamadas gratuitas para qualquer país da UE (fixo e mobile): já estou desde fins de Março a utilizar cá e ainda não recebi nenhum alerta de uso excessivo em roaming (supostamente devia haver um limite de 2 meses).

    ResponderEliminar
  7. 5€ estão a ser simpáticos.
    Na Vodafone tenho yornX 1gb e depois de gastar os dados cobram 2€ por 100mb, ou seja 20€/Gb.

    ResponderEliminar

[pub]