2020/10/21

Xiaomi mantém carregador mas reduz plástico

A Xiaomi não vai deixar de incluir o carregador, comprometendo-se a reduzir o plástico nas embalagens.

Com o iPhone 12 a Apple justificou a remoção do carregador e earphones, que até agora estavam incluídos com todos os iPhones, como sendo uma medida para evitar o desperdício e reduzir a utilização de plástico. É uma medida que se espera que outros fabricantes sigam, mas por agora a Xiaomi está a optar por outro caminho. PAra o Mi 10 T Lite a Xiaomi mantém o carregador mas diz ter reduzido a utilização de plástico na embalagem em 60%.


Embora alguns fabricantes possam optar por remover o carregador, aqueles que têm apostado em sistemas de carregamento rápido terão mais dificuldade em fazê-lo. É que será relativamente fácil apanhar um carregador de 10W ou 20W, mas as opções começam a complicar-se quando se está a falar de sistemas que vão para os 60W ou 80W, e que muitas vezes até têm que ser combinados com cabos específicos para se poder tirar total partido das suas capacidades.

Dito isto, esperemos que as coisas possam normalizar no sentido de uma unificação dos sistemas de carregamento, e que realmente deixe de haver tantas variáveis (e também ajudaria que a Apple adoptasse o USB-C nos iPhones, tal como fez nos iPad Pro).

2 comentários:

  1. Como o MKBHD diz no vídeo de unboxing, a Apple não inclui carregador mas depois isso vai obrigar a todos que não tenham o 11 a comprar um carregador, ou seja mais embalagem, mais plástico...

    É só negócio.

    ResponderEliminar
  2. A Apple, se realmente estivesse interessada em reduzir, deixava de inserir aquele autocolante estúpido, e passava a usar o USB-C nos iPhones.
    Pura demagogia...

    ResponderEliminar

[pub]