2020/11/07

NASA opõe-se a nova constelação de 240 satélites

A NASA apresentou preocupações quanto a uma nova constelação de 240 satélites de grandes dimensões numa órbita que diz ser problemática.

Com a Terra a somar cada vez mais asteróides, incluindo algumas constelações previstas com milhares de satélites, a NASA expressou preocupações quanto à aprovação de uma nova constelação da AST & Science. A empresa quer colocar mais de 240 satélites em órbita, capazes de fornecer serviço 4G e 5G directamente a partir do espaço.

O problema, diz a NASA, é que se tratam de satélites de grandes dimensões, que terão antenas imensas com 900 m2(!), e que ficarão colocados numa órbita demasiado próxima do conjunto "A-Train", um grupo de 10 satélites de monitorização da Terra. Essa proximidade, em conjunto com as grandes dimensões dos satélites, faz antever que possam haver a necessidade de ajustes frequentes diários para evitar risco de colisão, que se tornam impraticáveis para os satélites em questão.

Além disso, a NASA diz que também que será de esperar que uma empresa que nunca criou satélites desta dimensão (perto de 1 tonelada) vá cometer erros, resultando em satélites defeituosos que poderão ficar fora de controlo e por em risco outros satélites, temendo-se os potenciais riscos dos destroços provocados pela colisão de satélites de grandes dimensões em órbita.

Agora é aguardar para ver qual será a decisão da FCC...

Sem comentários:

Publicar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]