2020/11/09

Postos de carregamento rápido da Galp/Nissan em funcionamento


A Nissan e a Galp acabam de assinalar a entrada em funcionamento dos 20 novos postos de carregamento rápido para automóveis eléctricos em Portugal, um compromisso comum assumido com o objectivo de desenvolver a mobilidade sustentável em Portugal.

A instalação destes 20 novos pontos de carregamento rápido cobre grande parte do território nacional com foco em Lisboa, Porto, Odivelas, Sintra, Leiria, Coimbra, Braga, Guimarães, Matosinhos, Vila Nova de Gaia, Loures, Cascais, Almada e Seixal. Uma parte significativa destes pontos de carregamento está já em operação e os restantes aguardam apenas a conclusão dos processos de aumento de potência pelo operador da rede eléctrica.

Para além do investimento nestes postos, a Nissan alargou também a sua rede própria, disponibilizando aos seus clientes a possibilidade de carregamentos rápidos, sem custos, em 18 dos seus concessionários nacionais.

No âmbito desta parceria, todos os clientes de automóveis eléctricos Nissan passam a beneficiar de condições mais vantajosas com o cartão GalpElectric/Nissan, com um nível de desconto de 25% nos carregamentos efectuados em todos os pontos de carregamentos integrados na rede pública de carregamento (Mobi.e) e que pode ainda chegar aos 33% caso os clientes tenham um contrato de fornecimento de electricidade para a sua casa com a Galp.
Publicado originalmente no Pela Estrada Fora

4 comentários:

  1. pergunta honesta: qual o preço kWh? nao faço ideia do que se paga nesses sítios (nao tenho carro electrico)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nestes específicos não sei, o preço varia muito de posto para posto, já vi desde 20 cêntimos a 40.

      Normalmente um gajo usa uma app chamada miio onde vemos isso tudo e dá para ver se estão a ser usados, a funcionar, o preço etc, é muito bom quando é preciso planear alguma volta maior. No dia a dia um gajo carrega em casa por isso acaba por ser irrelevante.

      Eliminar
    2. É bastante complexo, varia de operador para operador sendo que alguns cobram por tempo, outros taxa de acesso, outros só por kWh que varia conforme a potência. Preços dos operadores rede Mobi.e https://www.mobie.pt/assets/mobie/docs/comunicado_tarifario_20200430.pdf Boas contas. (sim existem operadores fora da Mobi.e para complicar ainda mais)

      Eliminar
  2. O preço por kWh é o que contrata ao comercializador da energia (da mesma forma que contrata para a sua casa) e pode variar normalmente entre 0.16€ a 0,20€ em função do periodo do dia, depois terá de adicionar o custo do serviço de carregamento que está afixado no posto (que pode ser por minuto ou kWh carregado).
    Estas 2 parcelas somadas + taxas + impostos vai dar o preço final de carregamento.

    ResponderEliminar

[pub]