2020/12/15

Apple aplica legendas de privacidade às apps na App Store

Com a chegada do iOS 14.3 chegam também as novas etiquetas de privacidade na App Store da Apple.

Tal como tinha sido indicado no último WWDC, a Apple passa a exigir e apresentar informação sobre o tipo de informação que é recolhida sobre os utilizadores. O requisito aplica-se às apps para iPhone, iPad, Mac, Apple TV e Apple Watch, e engloba três secções: dados usados para fazer tracking do utilizador, dados associados ao utilizador, e dados não associados a cada utilizador.

O primeiro grupo refere-se a informação que seja utilizada para associar o utilizador em diferentes serviços, e também inclui informação sobre se essa informação é partilhada ou vendida; o segundo pode incluir coisas como o nome e email do utilizador; e o terceiro diz respeito a dados que podem ser preferências da app ou registos de erro, não estando associadas a cada utilizador.

Em resposta às críticas de que isto não se aplicaria às apps pré-instaladas da Apple, que não aparecem na App Store, a Apple lançou um site dedicado à privacidade onde disponibiliza a informação respectiva referente às apps: App Store, Camera, Clock, Health, Messages, Phone, Photos, e Safari.

Toda a informação que torne mais clara a forma como as apps usam os nossos dados é sempre bem-vinda, mas é preciso não esquecer que esta é apenas informação facultada voluntariamente pelos developers. Nada impede uma app de dizer que não vende dados dos utilizadores e no entanto continuar a vendê-los. Portanto, continua a ser recomendável uma saudável dose de bom senso, e só instalar e usar apps que considerem dar um grau suficiente de confiança.

Sem comentários:

Publicar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]