2020/12/30

Apple patenteia teclado com mini-ecrãs nas teclas

Depois do Touch Bar, a Apple parece estar a considerar aplicar ecrãs a todas as teclas nos MacBooks, permitindo ajustá-los dinamicamente a diferentes línguas e símbolos.

Em vez optar pela solução simples de usar um ecrã com feedback táctil a servir de teclado (que até ao momento ainda ninguém conseguiu replicar de forma satisfatória como verdadeira alternativa a um teclado físico), esta patente da Apple recorre ao método mais trabalhoso de aplicar um micro-display a cada uma das teclas físicas, que assim poderiam exibir qualquer letra ou símbolo em função das necessidades. Seria a solução definitiva para acabar com a chatices dos diferentes layouts de teclado para os diferentes países, fora todas as demais vantagens que daí poderia advir em termos de apresentação de informação sobre atalhos de teclado, ou outras coisas - incluido a exploração de diferentes layouts de teclas, que normalmente não se faz por causa do "domínio" do QWERTY.


Dito isto, não sei como é que a Apple conseguiu obter uma patente de um teclado assim, quando há mais de uma década - em 2007 - a Art Lebedev já tinha o seu teclado Optimus Maximus, em que cada tecla contava com um mini display OLED e também permitia infindáveis opções de personalização.

Talvez os especialistas do gabinete de patentes nos EUA tenham a memória curta... ;P

5 comentários:

  1. Se bem em recordo. Optimus keyboard ja tinha essa tecnologia não sei como é que eles podem patentear isso. Mas sendo Apple na verdade fazem o que querem...

    ResponderEliminar
  2. Eu não sei como alguém ainda se admira de a Apple conseguir patentear algo já feito por outros.

    ResponderEliminar
  3. Mais alguém foi ver o tal teclado de 600 dólares - horrível ainda por cima?
    A parte central é fixa e é a caixa da tecla que é pressionada.
    Por regra, quando a Apple implementa uma ideia que já existe há uma diferença - funciona.
    Quanto a patentes, nem sei se alguém queria as do Maximus para alguma coisa.
    https://youtu.be/qj7GYU-wedo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Correção 1.600 dólares (nos comentários do vídeo dizem que é a versão de 3.000$).

      Eliminar

[pub]