2020/12/06

Tesla Model 3 com bomba de calor gasta 1/3 da energia

A Tesla aplicou ao Model 3 uma bomba de calor para o aquecimento, e a poupança de energia face às resistências habituais é substancial.

Num automóvel eléctrico é bastante mais fácil ter uma noção do impacto que todo e cada acessório tem na autonomia. Se coisas como a iluminação têm consumos que se podem considerar insignificantes, outros elementos podem ter um peso mais marcante: e um deles é a climatização do habitáculo. Tradicionalmente, o aquecimento é feito por resistências, ao estilo de um aquecedor eléctrico normal, mas no Model Y e nos Model 3 mais recentes a Tesla optou por um sistema de bomba de calor, semelhante a um ar condicionado mas com a capacidade para aquecer em vez de apenas arrefecer.

Embora o processo de medição não tenha sido o mais científico, num teste a manter o Tesla a 21ºC durante várias horas, um Model 3 de 2019 sem bomba de calor gastou cerca de 2170W, enquanto um modelo de 2021 com bomba de calor gastou apenas 735W, um terço da energia. Mesmo dando uma margem de tolerância generosa, o modelo com bomba de calor será pelo menos duas vezes mais eficiente a nível da climatização do que os Model 3 sem este sistema.

Não que isto seja novidade, pois há muito que sabemos que os sistemas de ar condicionado / bombas de calor (para as casas) são muito mais eficientes a aquecer uma casa do que utilizar os aquecedores tradicionais de resistência.

Sem comentários:

Publicar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]