2021/01/15

Apple remove sistema polémico que contornava VPNs e firewalls no macOS

A Apple removeu no macOS 11.2 beta 2 a polémica decisão de fazer com que algumas das suas apps contornassem o uso de VPNs e firewalls independentemente das opções dos utilizadores.

Quando um utilizador recorre a uma VPN ou firewall, espera que isso se aplique todo o tráfego gerado pelo seu computador. No entanto, com a chegada do macOS 11 Bir Sur, vários investigadores e utilizadores foram surpreendidos ao ver que muitas das principais apps da Apple, incluindo a App Store, Maps, e iCloud, ignoravam essas definições e acediam directamente à internet sem passar pela firewall ou VPN - uma medida que se tornava num pesadelo de segurança e de privacidade.

Mas com o macOS 11.2 beta 2, a Apple remove tudo isso e faz com que todas as suas apps passem a seguir as regras de tráfego como qualquer outra app, incluindo o redireccionamento através de firewalls e VPNs.

A Apple também esclareceu que este medida não visava causar polémica ou assustar os utilizadores e que era apenas temporária, devido à transição de antigas "network kernel extensions" que iam ser desactivadas para o novo Network Extension Framework. Esse processo estava a causar alguns problemas com as apps da Apple, motivo pelo qual decidirem implementar aquela lista de excepções para garantir que as apps funcionariam sem problemas até que a situação ficasse resolvido, o que parece já ter sido conseguido com esta última versão beta.

Sem comentários:

Publicar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]