2021/01/11

Parler abandonado pelos próprios advogados

Depois da expulsão da Play Store e App Store, e de ser corrido do AWS, os problemas do Parler continuam, tendo recebido idêntico tratamento por parte de todos os serviços que utilizava - incluindo os seus próprios advogados.

As probabilidades da app Parler regressar ao activo em breve parecem cada vez mais reduzidas. Depois de ter sido expulso da AWS que lhe servia de infraestrutura, os problemas multiplicaram-se com a empresa a ter sido também abandonada por todos os demais seviços que utilizava, incluindo os serviços de envio de SMS, os seus fornecedores de email, e - imagine-se só - também pelos seus próprios advogados.

Os responsáveis dizem que é um golpe que poderá significar o fim da empresa, e continuam a dizer que estão a ser tratados de forma injusta, e que o serviço nada tem a ver com os acontecimentos de 6 de Janeiro (a invasão do Capitólio), apesar de ter sido utilizado por vários grupos para a organização do ataque. De resto, embora seja verdade que parece um pouco abusivo penalizar uma plataforma por aquilo que os seus utilizadores lá dizem ou fazem, é preciso ter em conta que já tinha sido pedido, repetidamente, que o Parler moderasse os conteúdos ilegais de incitamento à violência, e que nunca fez nada nesse sentido (ou fê-lo demasiado tarde).

É fácil ver no que o desaparecimento do Parler irá resultar, fazendo com que os seus utilizadores se refugiem nas plataformas que têm investido na privacidade dos utilizadores com mensagens encriptadas end-to-end que não podem ser espiadas nem mesmo pelos próprios serviços, como o Signal. Esperemos é que isso não venha a ser usado com "motivo" para implementar os backdoors na encriptação como alguns políticos têm tentado...

25 comentários:

  1. Este tipo de decisões mostram que há muito a reflectir sobre o conflito entre direitos fundamentais e políticas das plataformas. Porque isto para todos os efeitos é censura, e as democracias existem para lidar com os discursos não-dominantes, não para os ignorar.

    ResponderEliminar
  2. Algumas dessas empresas como Apple têm se recusado a colaborar com FBI muitas vezes em casos que envolvem estrupadores a assasinos, twitter é usado por terroristas para anunciar ataques... AWS tem sido usado por scammers por oferecem certificados SSL legítimos para qualquer um, Facebook nem se fala, talvez o pior de todos; quem não se lembra da Baleia Azul que andou a incentivar adolescentes a se matarem?

    ResponderEliminar
  3. O encerramento da Plataforma Parler , é uma das consequências da tentativa silenciamento político do actual presidente dos USA. Uma medida que para o Carlos veio como tardia. Mas agora o Carlos agora esta preocupado "que isso não venha a ser usado com "motivo" para implementar os backdoors na encriptação como alguns políticos têm tentado...", se isso não é hipocrisia, então não sei o que será. O Carlos é o exemplo perfeito da parte da população que ainda não percebeu que as medidas de censura que defende, mais cedo ou mais tarde vão-se virar contra ele como se pode ver na sua mais recente "preocupação" com backdoors

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Tiago, o sr. Trump há muito que estava a violar as regras do Twitter e, caso fosse qualquer outra pessoa, já teria sido banido há muito - no entanto sempre gozou de estatuto especial, até chegar a um limite que nem sequer o Twitter (e demais plataformas) puderam desculpar.
      É certo que é um tópico sensível, mas a liberdade de expressão não pode servir de desculpa para tudo, e basta aprender com a história e analisar a ascensão do nazismo e Hitler ao poder para ver os riscos que isso implica.
      Quando se tem um presidente que, quando desafiado a condenar grupos neo-nazis, a resposta que tem é "fiquem a postos"... parece-me ser mais que demonstrativo que o problema não é a censura ou liberdade de expressão, é algo bem mais preocupante.

      Eliminar
    2. E nem vamos entrar pela parte surreal do QAnon, que infelizmente até vai contagiando pessoas "normais"...

      Eliminar
    3. Incrível, pela primeira vez na história temos um grupo neo nazi em que o líder, Enrique Tarrio, é Afro-Cubano... ridículo.
      E pela primeira vez na história temos um presidente racista e xenófobo que recebeu mais votos de minorias do que qualquer candidato republicano nos últimos 60 anos.
      Carlos tu estás-te a tornar o que acusas o outro lado de ser.. FAKE NEWS
      E antes de espalhares mais FAKE NEWS deixo-te o link para a compilação de um vídeo de cinco minutos mostrando '38 vezes em que Trump condenou o racismo e a supremacia branca '. Eu não sei qual é quantidade de vezes que se tem de condenar o racismo para não ser considerado racista? 100, 200 talvez 1000.. O Carlos decide o número.
      https://www.dailymail.co.uk/news/article-8888473/Trump-campaign-unveils-five-minute-video-compilation-showing-38-times-condemned-racism.html

      O Carlos, esta apenas a tentar encontrar justificação para silenciar alguém com quem não concorda politicamente, nem que para isso recorra a FAKE NEWS.. E a comparação de Trump a Hitler é um insulto para os milhões de pessoas que morreram no Holocausto.

      Eliminar
    4. Excelente Tiago agora troca isso por miudos pois ele nao compreendeu!

      Eliminar
    5. Compreenderás que se torna impossível discutir com alguém que acusa tudo o que não concorda de ser fake news, e de só o que lhe interessar ser a verdade absoluta.
      Vamos concordar em discordar, e ficar por aqui antes que cheguem os defensores da luta anti-satanica de Trump.

      Eliminar
    6. Camarada Carlos, sugeria que removesses os meus comentários de forma a que todos os comentários nesta página sejam unânimes e de pensamento único, isto em nome da democracia e na luta contra o discurso de ódio.

      Eliminar
    7. O facto de cá estarem demonstra que o problema do pensamento único não é deste lado.

      Eliminar
    8. Carlos o que tu não gostaste foi eu de forma factual ter demonstrado que o que disseste é FALSO. Quando falsamente acusas um grupo de ser neo nazi quando o líder é afro-cubano e acusas o Trump de ser racista quando pelo menos 38 vezes condenou o racismo publicamente. Estas a ser FAKE NEWS.. Nada tem a ver com pensamento único.
      O problema do Carlos, e do resto dos camaradas, é que se não conseguires "colar" o Trump a ser um racista nazi e xenófobo, a única critica legitima que podem fazer é as suas ideias politicas, mas como não queres discutir ideias politicas, preferem silenciar em nome da democracia, o que leva por sua vez, e de forma irónica, ao pensamento único.

      Eliminar
    9. Caro Tiago.
      Acho que descobrimos em ti um pro trump. Era apenas uma questão de tempo até aparecerem por Portugal. Nao entendo que fake news te referes. Encontrar 38 vezes que o trump condenou a supremacia branca e não considerar a vez que ele deveria ter criticado e nao o fez tb me parece passar uma mensagem nao correcta. Alem disso vimos todos o trump a incitar a violência por mais que uma vez. Assim como durante a própria invasão a tentar faze lo. O que gostarias que acontecesse? Gostava de ter a tua opinião sobre isso. Ja que parece que tens uma opinião bastante firme sobre esse tema.

      De qualquer forma discutir política é como discutir futebol todos têm uma opinião mais válida que o outro.

      Eliminar
    10. Caro João,
      Eu ainda não sei o que descobri em ti. Mas também é só uma questão de tempo.
      Eu não tenho problema nenhum em discutir ideias, o único problema que eu tenho é em discutir bitaites,por isso se vai acusar alguém de racismo, nazismo, etc, é bom que apresentes as provas.

      1' FAKE NEWS - " 38 vezes que o Trump condenou a supremacia branca e não considerar a vez que ele deveria ter criticado e nao o fez tb me parece passar uma mensagem não correcta" . A verdade é quando ele disse "stand back and stand by" estava-se a referir ao grupo Proud Boys,cujo líder é afro-cubano, e que não é de forma alguma um grupo de supremacia branca. Uma simples pesquisa na internet e chegavas a essa conclusão.
      https://apnews.com/article/fact-checking-afs:Content:9526192613

      2' FAKE NEWS - "Alem disso vimos todos o Trump a incitar a violência por mais que uma vez. Assim como durante a própria invasão a tentar faze-lo.". Com certeza não terás problemas em encontrar as citações de Trump a incentivar a violência. O que ele disse no discurso foi :“I know that everyone here will soon be marching over to the Capitol building to peacefully and patriotically make your voices heard!”. Diz-me aonde é que esta o incentivo a actos de violência?

      No meio disto tudo, o que mais me surpreende, é a dissonância cognitiva de tanta gente acusar alguém de nazismo e supremacista, e no entanto não ter interiorizado que nestas ultimas eleições,o presidente Nazi e Xenófobo Trump recebeu mais votos de minorias do que qualquer candidato republicano nos últimos 60 anos. Pelo que lês nas noticias sobre o racista Trump, como é que isso é possível? Qual é a lógica? Será que essas pessoas são todas burras e tu es o esperto? Se a tua única fonte de informação é o Sapo Noticias, então vai continuar a ser um mistério para ti.


      Continuo a afirmar,se não conseguirem "colar" o Trump a ser um racista nazi e xenófobo, a única critica legitima que podem fazer é as suas ideias politicas. Mas é mais facil silenciar em nome da democracia.

      Eliminar
    11. Não recortes as noticias como te convém.

      https://www.reuters.com/article/us-usa-election-protests/trump-summoned-supporters-to-wild-protest-and-told-them-to-fight-they-did-idUSKBN29B24S

      Alguns comentarios ditos pacíficos.

      “Statistically impossible to have lost the 2020 Election,” Trump, a Republican, tweeted on Dec. 20. “Big protest in DC on January 6th. Be there, will be wild!”

      “We will never give up, we will never concede,” Trump said, delighting the crowd by calling Democratic victories the product of what he called “explosions of bullshit.”

      Ele fez muita coisa boa e teve políticas inteligentes. Mas ao mesmo tempo completamente irracionais.

      So para terminar nao partas do pressuposto que ideias diferentes das tuas estão logo a partida erradas.


      Eliminar
    12. Então, alguém que numa eleição pouco transparente, afirma que existiu fraude e diz, “We will never give up, we will never concede,” e “Statistically impossible to have lost the 2020 Election,” é um incentivo à violência.. Incrível.
      Sabes como é que se provava de uma forma muito fácil que o Trump esta a mentir e que não existiu fraude na eleição? Fazer uma análise forense as máquina de voto, como ele pediu, e se não existir nada de errado, aquilo que ele esta afirmar é falso, e 75 milhões de pessoas aceitavam o resultado das eleições.
      Porque é que achas que isso não aconteceu? porque é que achas que o partido democrata, esteve nos tribunais a lutar para não haver análise forense das máquinas? A única maquina que o partido republicano teve acesso para fazer análise forense, revelou que a maquina apresentou uma taxa de rejeição de voto de 68.05%, o que significa que 68.05% dos votos foram rejeitados pela máquina, e que alguém numa sala sem supervisão, manualmente decidiu para quem é que vai o voto. Só para teres percepção, por lei, essas máquinas não podem apresentar uma taxa de erro maior que 1%.
      https://www.thegatewaypundit.com/2020/12/breaking-antrim-co-forensic-report-bombshell-reveals-dominion-machines-set-68-05-error-ratemeaning-68-05-ballots-sent-mass-adjudication-giving-individuals-ma/


      Se tiveres tempo e interesse, podes ler um relatório sobre todas as irregularidades que aconteceram nesta eleição, e depois decide por ti, se foi uma eleição justa e transparente.

      https://sciencefiles.org/wp-content/plugins/pdfjs-viewer-shortcode/pdfjs/web/viewer.php?file=/wp-content/uploads/2020/12/Navarro-Report-The-Immaculate-Deception-12.15.20-1.pdf&dButton=true&pButton=true&oButton=false&sButton=true&v=1.5.4.

      Eliminar
    13. Tiago, tens consciência que o supremo tribunal dos EUA tem maioria dos republicanos? Não é por se repetirem os chavões proferidos por Trump e os seus acólitos que as ilusões superam a realidade, ou que sejam cada vez menos os republicanos que se mantêm ao lado do sr. "Grab'em by the pussy" (embora se possa argumentar que só estejam a abandonar o barco quando este já está a afundar).

      P.S. Se quiseres também posso arranjar-te 1001 sites a demonstrarem que a Terra é plana - e não é por isso que ela se planifica.

      Eliminar
    14. Camarada Carlos, o facto de o supremo tribunal dos EUA ser de maioria republicana, em nada contraria os argumentos que apresentei.
      Já agora, diz-me, em algum momento o supremo tribunal dos EUA viu as provas e decidiu que não havia fraude, ou simplesmente decidiu não aceitar o caso?
      O facto de não ter aceitado ver as provas, na tua teoria prova que não houve fraude?

      Em vez de mandares bitaites,e fake news sobre neo nazis, eras mais honesto em admitir que esta eleicao nao foi transparente, mas como nao gostas do sr. "Grab'em by the pussy" e preferes o sr " Poor kids are just as bright as white kids", é algo que nao te preocupa muito.

      Eliminar
    15. Tiago, a partir daqui só poderei usar a tua táctica de repetir à exaustão o mesmo mantra em pseudo-raciocínio cíclico, ao estilo dos que nos garantem que a Terra é plana. Se só queres acreditar naquilo que queres acreditar, ignorando factos, não há discussão que resista.
      Como disse, fiquemos por aqui, concordando em discordar, uma vez que de pouco serve vires dizer que só as tuas verdades é que são verdades e tudo o resto é fake news - e eu aplicar-te exactamente o mesmo tratamento (ou será que só os pró-Trumps é que podem usar esse argumento?)

      Eliminar
    16. Queria apenas acrescentar dois pontos que me parecem ser importantes para todos.

      1. De um dia para o outro, e sabendo que defender o "tipo mau" (seja ele trump ou outra pessoa qualquer) é uma tarefa que desmobiliza os esforços da maioria, tivemos a demonstração de que este tipo de atitudes, sejam tomados por autoridades governamentais ou outro tipo de entidades, levantam questões séries e o debate sobre este assunto tem sido silenciado, negligenciado, desvalorizado e apresentado em toda a comunicação social como uma questão de resposta óbvia, clara e indubitável. O que como se percebe não é.

      2. A democracia e o free-speech é sobre deixar de seja a validade e o carácter de verdade das proposições a vencer, de forma descentralizada e espontânea. Não um sistema onde a informação flui unidirecionalmente e onde certos raciocínios, antes de serem considerados, são logo bloqueados, e mais, o carácter das pessoas também. Posto isto, quanto mais se tentar silenciar uma opinião, mais reacção se vai gerar em relação ao silenciador, e tudo isto oculto do ambiente conflitual que o espaço público promove, resultando na tal radicalização do discurso de ambos os lados.
      Acho que isso em última análise revela uma falha maior nas nossas sociedades e em que a diferença para a sociedade americana é abismal, nós temos um dogma, dos nossos valores e de uma constituição com 50 anos, e à menor oposição tentamos silenciar o adversário. Lá, seria mais uma oportunidade para tornarem viva a discussão e debater sobre a virtude dos valores em que acreditam. Será que foi por nunca os termos discutido e termos medo de em confronto não sermos capazes de os fazer vingar?

      Queria só deixar um exemplo, eu sei que é subjectivo, mas nos debates presidenciais o Ventura parece-me ter atropelado todos os adversários com grande pinta e o Marcelo foi o único que o derrotou categoricamente. Todos os que alegavam que ele devia ser silenciado sucumbiram ao mais simples contraditório. A lição que tiro: é necessário mais debate, não menos.

      Eliminar
  4. Num mundo perfeito não seria preciso nenhum tipo de moderação pois os utilizadores tinham o bom censo de pesar o que deviam publicar e o que não... mas não estamos num mundo perfeito. Apesar de aceitar que existam pontos de vista diferentes e que todos temos direito à liberdade (de expressão e outras), não aceito que só porque alguém tem grande audiência possa achar que tem liberdade para incentivar o vandalismo, a violência e o assassínio. Desde quando a minha liberdade de expressão pode se sobrepor à liberdade de alguém viver??? Acho bem que estas plataformas de divulgação sejam responsabilizadas quando deixam de ser meios de liberdade de expressão e passam a ser canais de violência e ódio. Isso não é liberdade. Não me venham com tretas sobre política e democracia porque isto é um atestado de incompetência a todos nós enquanto sociedade que não consegue criar e educar pessoas tolerantes que entendam que a liberdade é um direito dos outros e que só assim também elas serão livres.

    ResponderEliminar
  5. ate entre minorias ha maluquinhos que concordam com as ideias do trump.
    trump é um populista que diz o que as pessoas querem ouvir seja a verdade ou nao e os proud boys sao o seu braco armado.

    ResponderEliminar
  6. Incrível. Pelos comentários desse anónimo Tiago, estou quase a ficar convencido de que o Trump afinal é um santo e que o melhor mesmo é começarmos todos a chorar juntos pela tremenda maldade que a comissão de eleições norte americana fez contra esse santo homem.

    Pergunto-me se ele também irá fazer como o outro santo homem, aquele que preside lá para os lados de Roma, e decidirá tomar a vacina contra a COVID-19?

    E já agora, o santo Bolsonaro também irá no mesmo comboio? Irão todos com o pai Natal ao circo?

    Fantasias de Natal...

    ResponderEliminar
  7. Custa-me a crer, que se venha a um"site" que normalmente trata de tecnologia e afins,descutir questões políticas!
    Amigo Carlos, faça-me um favor: não dê cavaco a quem não tem chama. Ok?
    E bravo a Victor Madeira, sem dúvida são Fantasias de Natal.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Luís, acho este espaço dos comentários existe para isso mesmo, para comentar as publicações. Claro que todas as discussões derivam mas não creio que tenha sido um off-topic. Antes pelo contrário, este post é político e chama a refletir sobre a forma como a tecnologia hoje medeia essas relações. De qualquer das formas queria agradecer desde já ao Carlos porque sei que também não deve ser fácil ser o "host" destas altercações :)

      Acho é um bocadinho hipócrita que se considere a discussão política (e implicitamente desajustada ao fórum) apenas quando resiste ao discurso dominante (ou politicamente correto).
      Como se, quem tem interesse por tecnologia, tivesse de pertencer a um golden standard de opiniões.

      Eliminar
  8. Inacreditável este Tiago anónimo... Se gosta assim tanto do trump, que vá para USA fazer amizade com ele... Nunca pensei ver este tipo de pessoas num blog de tecnologia

    ResponderEliminar

[pub]