2021/01/28

Sony Xperia Pro chega com entrada HDMI a preço exorbitante

A Sony decidiu aplicar uma entrada HDMI no seu smartphone Xperia Pro, mas no processo perdeu toda a noção da realidade, achando que isso justificava duplicar o preço para os 2500 dólares.

O novo Sony Xperia Pro é um smartphone que na prática se poderia chamar de "velho" Xperia 1 II, já que com ele partilha a maioria do hardware, incluindo um já datado Snapdragon 865, que agora vem com 12GB de RAM e 512GB, mas mantém o ecrã OLED 4K de 6.5" e bateria de 4000mAh. A novidade é que, parecendo relembrar-se de algo que temos pedido há anos (especialmente para os tablets), desta vez a Sony estreou a aplicação de uma porta HDMI de entrada neste smartphone. Smartphones com portas HDMI (via adaptadores na porta USB) são bastante comuns, permitindo que o smartphone seja ligado a televisores e monitores; mas neste caso temos o inverso, permitindo que o smartphone possa ser usado como monitor de um dispositivo externo. Algo que a Sony faz questão de promover, usando-o como monitor de uma câmara Sony Alpha, por exemplo.

A ideia é excelente, mas o que não é excelente nem tem qualquer cabimento é que, a Sony por qualquer motivo achou que esta funcionalidade justificava duplicar o preço já excessivo do Xperia 1 II ($1300) para uns inacreditáveis e injustificáveis 2500 dólares!

Esperemos que este modelo possa fazer o seu efeito enquanto modelo de inspiração para outros fabricantes, que nos possam começar a trazer smartphones - mas especialmente tablets - com entradas HDMI, simplificando o processo de serem utilizados como monitores portáteis sem necessidade de recorrer a software especializado, dongles adicionais, ou lidar com problemas de lag.

9 comentários:

  1. Epá, é caro e não é. Depende de quem o compra e do uso que lhe vai dar.

    Basta ires ver quanto custa um ecrã IPS externo para uma DSLR, e reparas que sem te chateares muito gastas 500/600€ num ecrã de 5", com muito menos autonomia e muito mais fraco quando comparado com o OLED do Xperia.

    Depois tens upload automático por FTP para onde quiseres. Imagina o tempo que um repórter fotográfico poupa, quando pode tirar a foto agora, ela ser ajustada no minuto seguinte por alguém, e publicada uns instantes após. Imagina cobrir o que é cobrir algo em directo, e ter fotos e vídeo quase na hora, sem perda de qualidade. E isto, tem um preço que pode ser bastante superior ao do Xperia PRO.

    Tens também streaming em direto por 5G.

    Isto é mais uma ferramenta de trabalho que um simples smartphone. Se encarares como ferramenta, pode ser algo que seja pago em muito pouco tempo. Se encarares como um smartphone, compra lá um Galaxy ou um iPhone.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exacto, dizer que é apenas o modelo normal com uma porta HDMI é muito redutor. Para além da dita porta HDMI, tem 4 antenas 5G mmWave( para comparação a gama Galaxy S21 vem com 2), contrução resistente contra quedas e afins, à la Caterpilar( e veja-se como esses smartphones são caros para as características que têm), um ecrã 4K HDR OLED de gama profissional e integração com as câmaras da gama profissional da Sony. Claramente, é vocacionado para profissionais da área da imagem e não para o público comum.

      Eliminar
    2. Não faltam monitores externos excelentes por 130€, tens os Feelworld por exemplo...são ótimos e custam uma fração do valor deste smartphone.
      Por si só não é justificação de um valor obsceno...

      Eliminar
    3. Por todas as características que tenha (e mais algumas), a questão é que a crítica se mantém válida: é um valor exorbitante; até tendo como referência o modelo anterior com quem partilha 90% (ou mais) das características, e que também já tinha um valor exorbitante.
      Dá para comprar o modelo do ano passado, um monitor externo (ou dongle para input de video), um smartphone robusto, uma câmara, e ainda sobram €... Mas pronto, ninguém é obrigado a comprar, só compra quem quer (e puder). :)

      Eliminar
    4. Há sempre uma alternativa mais barata. A questão aqui é a conveniência, e isso tem um custo, principalmente a de fazeres o upload na hora, de forma completamente automática e sem compressão.

      Não me interpretes mal. Eu que olho para isto como um telefone, acho caríssimo. Mas um conhecido com quem falei que ganha a vida a fotografar eventos privados e corporativos acha o contrário. Ele diz-me que o facto de poder ir apresentando as fotos finais durante o decorrer do evento ajustadas na hora por alguém no escritório, ou poder ter live streaming nas redes sociais paga isto em muito pouco tempo.

      Aliando a isto tens o facto de aparentemente ser algo muito fácil de configurar para o utilizador, que na maior parte das vezes não é um tech-savvy e apenas quer que as coisas funcionem. O plug-and-play também custa muito dinheiro.

      Agora dizer que isto apenas é um telefone com HDMI que tem a possibilidade de ser usado como monitor externo de uma câmara, é bastante redutor.

      Eliminar
    5. Sim Rui, mas para teres isso do upload e coisas, podes fazer por uma fracção do valor.

      Eliminar
  2. O MKBHD tem um vídeo sobre isso, recomendo.

    ResponderEliminar
  3. Não acho caro. Isto é um telemóvel profissional, para quem precisa de enviar trabalho em tempo real e em qualquer circunstâncias, não é para uma pessoa normal ter para fazer chamadas e ir ao Facebook.

    ResponderEliminar
  4. Realmente, olhando apenas para o titulo e lendo o texto pensei: "Fonix! A Sony perdeu a cabeça?!";
    Depois li as explicações de quem comentou, debruçando-se sobre outro ponto de vista, que eu não conheço nem domino e fiquei mais esclarecido.
    Parabéns aos comentadores! ;)

    ResponderEliminar

[pub]