2021/02/24

Philips revela processador P5 para TVs

A Philips tem um novo sistema de processamento de imagem com AI para televisores - P5 - que promete melhorar a qualidade da sua mais recente geração de TVs OLED e mini-LED.

Este novo processador P5 recorre a processamento AI adicionado às capacidades da geração anterior e, pela primeira vez, passa também a ter em consideração as condições de luminosidade da sala para optimizar os conteúdos HDR, e será estreado em modelos como os Philips OLED806/856/706 e mini-LED 9636 e 9506 que serão lançados este ano. Este processador promete detectar o tipo de imagem automaticamente e aplicar optimizações da cor, contraste, nitidez e tipo de movimento, frame por frame, incluindo detecção de filmes com novos modos Home Cinema Mode, Pure Cinema Mode e Filmmaker Mode.

Estes televisores mais recentes suportam HDMI 2.1 com capacidade para conteúdos 4K com refresh rate variável e framerate até 120Hz, e todos os actuais formatos HDR, incluindo Dolby Vision, HDR10+, HLG, e o mais recente HDR10+ Adaptive que dá uso ao sensor de luminosidade para garantir a melhor experiência HDR em tempo real, em função da luminosidade ambiente a cada momento.

Noutros tempos, a Philips foi pioneira a nível de melhorar a imagem com televisores de 100Hz e o processamento aplicado para preencher frames intermédios que tornavam a imagem bastante mais fluída. É bom ver que essa tradição não se perdeu, e que continua a ser feita mesmo para ecrãs OLED e os novos mini-LED. Resta apenas saber se um destes dias teremos chips nos televisores capazes de fazer o melhoramento de resolução e framerate que temos visto ser aplicado a alguns vídeos.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]