2021/03/22

Google, Facebook e Amazon reforçam monopólio da publicidade na net

Se dúvidas houvesse quanto ao domínio que a Google, Facebook e Amazon exercem sobre o mercado de publicidade na internet, a sua quota de mercado aumentou para os 90% nos EUA.

Depois de anos a operar de forma bastante camuflada, os serviços de publicidade na net têm sido trazidos para a superfície, revelando todas as técnicas que são usadas para fazer o tracking dos utilizadores, e permitindo fazer aquela "magia" de que muitas vezes se sinta quase como se se estivesse a ser espiado, em que depois de se ter falado sobre algo, começamos a ver publicidade sobre isso. É todo um império digital que permite aos grandes anunciantes ter perfis detalhados e personalizados para cada utilizador, sempre com o intuito de fazer com que a publicidade que lhes é apresentada resulte nas desejadas vendas.

A questão é que este é um sector que fica também distorcido pelo facto de haver um pequeno número de empresas que monopoliza o sector. De 2019 para 2020, a Google, Facebook e Amazon aumentaram a sua quota de mercado na publicidade online de 80% para 90% nos EUA, e recebem mais de 50% de todo o valor gasto em publicidade (incluindo a publicidade nos meios tradicionais).

Algo que será preciso ter em conta nesta altura em que se vai falando do bloqueio de cookies 3rd party, com o objectivo de reduzir o tracking que é feito... mas que na prática não irá afectar estas empresas. Tanto a Google, como Facebook e Amazon continuarão a ter acesso a essa informação por conta dos seus muitos serviços associados, quer seja o sistema de estatísticas da Google que é usada em inúmeros sites, ou as páginas que levam com um botão de like do Facebook, ou as páginas que apresentem widgets com preços da Amazon.

Veremos no que resultam os muitos processos que estão a ser movidos contra os gigantes tecnológicos, e que impacto real terá na experiência de se passear pela internet, a nível de proteger a privacidade dos utilizadores de formas de tracking abusivas.

1 comentário:

  1. Oceanos de dinheiro a correr diretamente para os bolsos dos americanos. 🤨

    ResponderEliminar

[pub]