2021/03/01

Utilização do Stadia longe das expectativas da Google

O serviço de streaming de jogos Stadia da Google pode ser tecnicamente impressionante, mas não está a impressionar os consumidores - nem as chefias na Google.

O Stadia da Google chegou a Portugal em Dezembro, depois de meses de espera, mas menos de dois meses depois a Google parecia dar razão a todos os que prenunciavam que este seria um destinado condenado ao cemitério dos projectos Google, ao anunciar o encerramento dos estúdios de jogos que tinha criado para se dedicarem exclusivamente ao Stadia.

Agora surgem relatos internos de que o serviço tem tido uma utilização bastante inferior ao que era esperado pela Google, e que estará na origem desta "reformulação" - apesar da Google publicamente apenas continuar a repetir que o serviço será para durar e que vai manter as parcerias que tinha anunciado; mas sem abordar a questão do encerramento dos seus estúdios.

O Stadia oferece uma experiência de streaming excelente, com lag praticamente imperceptível (embora não cumprindo com a promessa dos jogos a 4K, nem - por agora - disponibilizando qualquer jogo que só se tornasse possível graças ao poder da cloud), mas desde logo teve a grande dificuldade de se tratar de um serviço que funciona apenas como plataforma, significando que quem o quiser utilizar terá que voltar a comprar os jogos que já tinha comprado anteriormente - e com o alto risco dos jogos comprados no Stadia poderem ficar inacessíveis caso a Google decida encerrar a plataforma. Isto faz com que a modalidade mais interessante seja o Stadia Pro, que dá acesso a uma série de jogos incluídos, mas isso implicará pagar mais uma mensalidade, algo que muitos consumidores, já sobrecarregados com mensalidades da Netflix, Disney, Spotify, Xbox / PlayStation, etc. poderão não estar dispostos a fazer.

Talvez a coisa possa melhorar este ano, com o Stadia a ficar disponível directamente a partir de algumas Smart TVs, ou caso a Google decida incluir o acesso Stadia Pro noutros serviços já pagos, como o Google One de espaço extra na cloud... Mas, conhecendo-se a tradição da Google de "mudar de ideias", não poderão censurar os utilizadores (e estúdios de jogos) por terem bastantes dúvidas quanto às expectativas de longevidade do serviço.

1 comentário:

  1. Eu tenho usado o serviço subscrevi o trial uma vez, e digo não vale a pena mesmo, a quantidade de jogos não é assim grande coisa, e alem do mais sim existe lag, se não tiveres uma gráfica suficientemente poderosa para descodificar VP9 esquece, iras ter lag, não digo imput lag, mas sim a imagem congela as vezes 1 a 3 segundos aleatoriamente, tentei jogar little nightmares 2 e suei lá, porque o jogo empanca do nada. PS internet 100 up/down

    ResponderEliminar

[pub]