2021/01/12

Notícias do dia

Tablet TCL com ecrã NXTPAPER chega em Abril; LG apresenta monitor UltraFine OLED Pro 4K de 31.5"; Samsung promove reutilização de smartphones antigos para smart devices em casa; Targus apresenta luz UV para desinfecção de teclados e ratos; e hackers copiam chaves 2FA da Google, Yubico e Feitian.

Antes de passarmos às notícias do dia, já regressamos à rotina habitual dos nossos passatempos semanais, e desta vez estamos a oferecer um kit Arduino com dezenas de acessórios.

TVs LG vão ter Stadia e GeForce Now

Jogar sem necessidade de uma consola ou PC vai ser ainda mais fácil para quem tiver um televisor LG recente, pois a marca prometeu implementar o Google Stadia e GeForce Now nos seus televisores ao longo deste ano.

Isto significa que bastará emparelhar um gamepad com o televisor para poder jogar em streaming sem necessidade de qualquer hardware adicional; mas em contrapartida, isto é algo que infelizmente irá estar limitado aos televisores mais recentes, de 2021 e 2020, deixando os clientes com televisores mais antigos sem acesso a estes serviços. Uma vez que o Stadia funcionamente perfeitamente a partir de um browser (até um browser mobile num smartphone), não me parece haver impeditivos técnicos que impedissem a LG de levar o Stadia aos seus modelos mais antigos... mas, já estamos habituados a ver os fabricantes concentrarem-se apenas nos modelos mais recentes e não no suporte continuado de longo prazo para os modelos com vários anos.

Samsung revela Exynos 2100

A Samsung já apresentou o seu Exynos 2100 com 5G integrado, fabricado em 5nm e que irá ser usado no Galaxt S21 que irá ser revelado publicamente nos próximos dias. O chip octa-core recorre a um dos novos Cortex-X1 de alto-desempenho a 2.9GHz, assistido por 3x A78 a 2.8GHz e 4x A55 a 2.2GHz, enquanto o GPU fica a cargo do novo Mali-G78 com 14-cores. A Samsung promete um desempenho 30% superior ao Exynos 990 em multi-core, e melhor eficiência energética.

O suporte das câmaras foi também melhorado substancialmente, permitindo agora usar sensores de até 200MP (!), e podendo ser ligado a seis câmaras e dar uso a quatro em simultâneo (o novo Snapdragon 888 só suporta três câmaras), e permitindo também combinar informação de múltiplas câmaras para melhorar a qualidade de imagem. Algo que seguramente permitirá à Samsung explorar coisas interessantes nos seus próximos smartphones.


CHN Energy instala maior ecrã Micro-LED do mundo

A empresa chinesa CHN Energy conta agora com o maior ecrã micro-LED do mundo, usando painéis da Leyard, com uma área total de 216 m2 e uma resolução de quase 250 milhões de píxeis - mais de 7x a resolução de um ecrã 8K.

Será apenas uma questão de tempo até que esta tecnologia se torne suficientemente acessível para que também os consumidores possam transformar as paredes de suas casas em ecrãs de grande dimensão, algo que a Samsung já está a começar a propor com seus ecrãs Micro-LED - que por agora ainda têm preços impeditivos para a esmagadora maioria dos consumidores.


Operador de internet bloqueia FB e Twitter a pedido dos clientes

Com o bloqueio de Trump nas redes sociais, há pelo menos um operador de internet nos EUA que tenta ganhar visibilidade à custa disso, dizendo que fornece aos utilizadores um serviço de bloqueio do Twitter e Facebook a todos os clientes que o solicitarem.

O operador diz que a ideia partiu dos seus próprios clientes, tendo recebido vários pedidos de pessoas que disseram que queriam cortar completamente o acesso ao Facebook e Twitter, e que se está a limitar a prestar um serviço que será útil. Por este andar, qualquer dia nos EUA os ISPs passam a perguntar aos clientes se querem ter uma internet "republicana" ou "democrática".


TCL mostra tablet de desenrolar

Mais uma vez, aquilo que em tempo existia apenas em filmes de ficção científica torna-se realidade. A TCL mostrou um protótipo de um tablet com ecrã de desenrolar, ficando condensado em dois rolos que se podem afastar para criar um ecrã OLED de 17".

Infelizmente por agora não passa de um protótipo sem qualquer data estimada para se tornar num produto comercial. A marca diz que ainda irá lançar este ano um dispositivo com ecrã flexível, mas o facto de não se comprometer com um dispositivo "enrolável" significa que, quase garantidamente, se tratará de um equipamento com um ecrã de dobrar ao estilo dos que já estão disponíveis no mercado. Seja como for, será apenas uma questão de tempo até que um smartphone ou tablet com ecrá de desenrolar chegue ao mercado.


Curtas do dia


Resumo da madrugada


Sem comentários:

Publicar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]