2021/04/17

Câmaras de um Tesla ajudam a identificar suspeito

Confirmando aquilo que temos referido há anos, nos EUA houve um caso em que as câmaras de um Tesla facilitaram a identificação de um suspeito que terá cometido uma série de crimes de ódio racial, incendiado uma igreja e danificado vários automóveis.

No final do ano passado houve uma série de incidentes numa localidade dos EUA, com repetidos incidentes de fogos numa igreja, e carros nas imediações a terem os seus pneus cortados. As autoridades acabaram por identificar um homem de 44 anos como sendo o autor desses actos, e para isso terá contribuído a sua decisão de ter decidido cortar os pneus e roubar as jantes de um Tesla.

Como já é amplamente conhecido por inúmeros outros casos, os Tesla contam com um sistema de vigilância que grava vídeo sempre que é detectado movimento em redor do carro quando está estacionado, e que também neste caso permitiu apanhar imagens excelentes do suspeito.
Os documentos do Tribunal revelam que as autoridades pediram o acesso às imagens captadas por este Tesla para ajudar na identificação do suspeito, e a questão é que, com cada vez mais carros equipados com câmaras, isto será apenas um dos primeiros passos no sentido de um futuro em que se tenha tudo e todos sob vigilância permanente. Houve um incidente em determinado local e determinada hora? Bastará contactar os fabricantes de automóveis para que indiquem que veículos seus estavam perto do local naquele momento, e pedir o acesso aos vídeos que puderem ter captado.

Claro que ninguém se importará que tal capacidade seja utilizada para apanhar criminosos ou ajudar a esclarecer acidentes; o problema surge quando alguém decidir abusar desse poder para espiar um parceiro de quem desconfia, ou um rival, ou alguém de quem procura informações potencialmente comprometedoras para pressionar ou chantagear. Coisas que, como Edward Snowden revelou, acabam por ser prática corrente (com funcionários da NSA a espiar namoradas ou parceiros) para quem tiver acesso a sistemas deste tipo.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]