2021/05/26

A idiotice dos emails de notificação do LinkedIn

É incrível ver como algumas empresas tecnológicas parecem ser propositadamente retrógradas sem qualquer sentido, e um desses casos acontece com os emails idiotas de aviso de mensagens do LinkedIn.

Regularmente, sou confrontado com emails do LinkedIn que parecem ter perdido toda a vergonha e que optaram por seguira a táctica do Facebook - a empresa que será mais conhecida por seguir estas tácticas e que já chegou ao cúmulo de apresentar notificações a dizer: "tem uma mensagem" em vez de mostrar logo a mensagem. Neste caso, a situação acaba por ser ainda mais ridícula pois o LinkedIn opta por fazer algo idêntico com os emails, um meio que seria o ideal para ler uma mensagem, e no qual não se pode argumentar que não existe espaço suficiente para apresentar uma mensagem, ou até para incluir uma imagem, ou qualquer outro tipo de anexo, se fosse caso disso.

Sim, na ânsia de puxar os utilizadores para o serviço, o LinkedIn envia emails ridículos a dizer "tem uma mensagem da pessoa X - clique aqui para ver o que é", em vez de colocar a mensagem directamente no email.

Uma táctica que me parece ser claramente abusiva, e sem qualquer sentido - já que obteria praticamente um efeito idêntico ao mostrar a mensagem, trocando o botão de "ver" por um botão de "responder", que continuaria a levar o utilizador para o site. E isto por já nem sequer estar a pedir que fosse possível responder directamente a partir do email, como seria o ideal para um serviço que realmente respeitasse os seus utilizadores.

O resultado - no meu caso - é simples: desactivar estes "preciosos" e "úteis" avisos por email, e pedir às pessoas que me enviem email directamente, evitando estes intermediários, contribuindo cada vez menos para a respectiva plataforma. Espero não ser o único a fazê-lo; e se algum dia o LinkedIn e outros decidirem mudar de táctica... já será tarde.

5 comentários:

  1. O pessoal que se dedica ao phishing deve adorar este tipo de emails já que acabam por treinar as pessoas a clicar automaticamente em botões sem prestar atenção a outros pormenores.

    ResponderEliminar
  2. Apesar de não concordar, penso que um argumento a favor disto é que a pessoa que enviou a mensagem saiba quando efectivamente lemos a mensagem. Desta forma, caso lêssemos o conteúdo da mensagem no email de notificação, o sender não ficaria a saber ;)

    ResponderEliminar
  3. O OLX faz exatamente o mesmo.

    ResponderEliminar
  4. O principal é para te manter online, abres a mensagem, vês o feed e de repente o site teve 10/15 min de retenção.
    Seja como for, a maior parte dos contactos por LinkedIn chegam pelo serviço de InMail, que te permite ver a mensagem e responder ao próprio e-mail como se fosse uma mensagem privada.

    Mais aborrecido que isso é falta de noção das consultoras e tech recruiters.

    ResponderEliminar

[pub]