2021/05/12

Amazon suspende Aukey, Mpow e outras marcas

A Amazon lançou ofensiva contra marcas que considerou estarem a promover avaliações falsas, fazendo-as desaparecer do seu site.

Caso tenham pesquisado por marcas populares, que frequentemente estavam no topo das vendas de diversas categorias na Amazon, como a Aukey, Mpow, e outras, a falta de resultados não se deve a um bug no sistema de pesquisa da Amazon, mas sim ao facto da Amazon ter efectivamente removido todos os produtos referentes às mesmas. Esta eliminação em grande escala não afecta apenas a Aukey e Mpow, mas também marcas como a VicTsing, Tacklife, Austor, Vtin, Seneo, Homasy, Homitt, LITOM, TopElek, OMORC, TRODEEM, Atmoko, HOMTECH, OKMEE, e outras.

Uma pesquisa por Aukey revela zero resultados, em vez disso apresentado produtos de outras marcas, como a Homscam, Tronsmart, e BCMASTER.

Mas então, o que aconteceu?

Embora a Amazon não tenha dado qualquer explicação oficial, a principal suspeita é que esta remoção esteja relacionada com a recente descoberta de uma base de dados com 13 milhões de registos referentes à realização de avaliações fraudulentas na Amazon.

Estas marcas estariam envolvidas em programas em que ofereciam produtos ou pagamento em troca de avaliações positivas, coisa que viola as regras da Amazon. E embora isso continue a ser algo que é de difícil detecção, com a informação revelada por esta base de dados, deixa de haver dúvidas - permitindo à Amazon avançar com a medida radical, que seguramente pretende ser um sinal de aviso bem claro para que mais nenhuma se aventure nestes esquemas.

Ficamos com pena de ver estas marcas desaparecerem, já que independentemente destas tácticas, tinham produtos que ofereciam excelente relação qualidade / preço (somos grandes fãs dos carregadores Aukey por exemplo) e estamos perfeitamente à vontade para falar, pois nunca vendemos pontuações em troca de produtos, dinheiro, ou qualquer outro benefício; e dizemos aquilo que achamos que temos que dizer, tanto das coisas boas como das coisas más. Muitas delas continuam disponíveis noutras lojas online, como o Aliexpress, Ebay, etc. faltando saber se alguma delas irá seguir o exemplo da Amazon.
Curiosamente, há ainda o potencial para a Amazon, depois de já ter penalizado as marcas, poder também perseguir os utilizadores que estiverem envolvidos na prática recorrente de avaliações fraudulentas, com milhares de avaliações feitas em troca de produtos. Algo que nos EUA não só pode resultar em multas de dezenas de milhares de dólares, como até dar direito a prisão.


Actualização: A RAVPower também sofreu o mesmo destino.

2 comentários:

  1. A Anker também quando dás um feedback negativo, falam com o comprador e dizem que pode ficar com o produto, que eles devolvem o dinheiro, se alterar a review.

    ResponderEliminar
  2. Os sistemas de avaliação de produtos necessitam de ser repensados.

    Não gosto da Amazon, mas a verdade é que, se o sistema está constantemente a ser pervertido, então o sistema não serve para nada (ou, vá lá, serve para enganar os incautos que tomam o sistema como verdadeiro.)

    ResponderEliminar

[pub]