2021/05/26

Análise aos Huawei FreeBuds 4i


Os Freebuds 4i dão continuidade à aposta da Huawei no segmento áudio de baixo custo, com o cancelamento de ruído a continuar a ser um elemento em destaque nestes earphones.

Unboxing


Ao levantar a tampa da caixa, deparamo-nos com a caixa de transporte dos auriculares.


Por baixo desta, os acessórios e documentação de referência.


O produto não é acompanhado de um carregador, apenas é disponibilizado um cabo USB-C. Visto não ser compatível com o sistema de carregamento sem fios, terão de recorrer a um dos muitos carregadores que por certo terão em casa. 


Os FreeBuds 4i



O design foi revisto, com a caixa e os auriculares a apresentarem linhas diferentes face ao que a marca apresentou nos Freebuds 3i. A caixa, que tinha um formato "eclair", passou para uma pequena "panqueca", muito à imagem dos Freebuds Pro.


Na frente, o logótipo da marca e um led de estado.


A porta USB-C está localizada na base.


Na lateral direita, o botão para activar o modo de sincronização.


Em utilização


 Esta posição só é possível se utilizado um objecto para bloquear a tampa

Para aceder aos auriculares, é necessário levantar a tampa da caixa. Na primeira utilização, este movimento vai activar o modo de sincronização, se bem que apenas para os smartphones e tablets da Huawei, com os restantes a ficarem dependentes da pressão do botão lateral, algo que também será necessário para sincronizações posteriores à primeira, isto independentemente da marca do equipamento. De referir que é possível utilizar os auriculares num iPhone ou iPad, se bem que o consumidor não terá a possibilidade de utilizar a app Ai Life para configurar e actualizar os auriculares.

Durante a sincronização, assim como aquando da instalação de updates de firmware, é necessário manter a tampa aberta, algo simples de conseguir se mantiverem a caixa na mão, mas o mesmo não acontece se a pousarem sobre uma superfície. Se o fizerem, a tampa vai automaticamente fechar-se, terminando abruptamente o processo em curso, pelo que ou arranjam um apoio de antemão, ou ficam com a caixa na mão até finalizar o update/sincronização, situação nada cómoda e que por certo será revista num novo modelo.


Os auriculares apresentam-se instalados na vertical, havendo mais uma vez lugar a um posicionamento pouco cómodo, sobretudo quando se tira o auricular do ouvido e se coloca o mesmo na caixa, havendo que proceder a uma rotação, para que o auricular possa ser posicionada na cavidade prevista para o efeito. O processo inverso também pouco prático, havendo que pressionar o copo e a haste em simultâneo, para depois puxar o auricular para fora da caixa.



O carregamento dos FreeBuds 4i é feito através da caixa, a qual possui uma bateria interna com 215 mAh. Cada auricular tem uma bateria com 55 mAh, pelo que com a caixa conseguirão cerca duas cargas completas dos auriculares. 

Segundo a Huawei, uma carga completa será suficiente para 10 horas de reprodução de música ou 6,5 horas de chamadas de voz. Estes valores baixam para 7,5/5,5 horas, caso seja utilizado o cancelamento de ruído activo. 

Nos testes que efectuámos, com o cancelamento de ruído activado, os auriculares apresentaram uma autonomia próxima das 6 horas, um pouco abaixo dos valores anunciados pela marca


Em termos sonoros (Huawei Mate 20 pro), os FreeBuds 4i surgem com fortes agudos, demasiado até, acabando por ofuscar os tons mais graves. Curiosamente, esta situação surge mais amenizada, quando utilizado um iPhone X para reproduzir o som, que acaba por sair com tons mais equilibrados. De referir ainda um aumento da potência, com o som a sair mais forte que no modelo anterior.

O cancelamento de ruído activo apresenta mais uma vez níveis de desempenho bastante modestos, se bem que se nota uma ligeira evolução face aos FreeBuds 3i. Não sendo suficiente para anular o ruído exterior, consegue abafar o som dos transportes, tornando as viagens mais agradáveis. Resumindo, mais eficientes, mas ainda na zona da atenuação de ruído, ficando distante daquilo que os FreeBuds Pro conseguem fazer neste campo. 


A aplicação AI Life continua a ser o centro de comando dos auriculares, reconhecendo os mesmos para emparelhamento, permitindo posteriormente efectuar a sua configuração e gestão de actualização do firmware. 

Tal como já referido em análises anteriores, a aplicação permite configurar o tipo de cancelamento de ruído (ou desactivar o mesmo), activar a detecção da orelha para o controlo automático da reprodução de conteúdos (iniciar/parar) e configurar os gestos, sendo que apenas estão disponíveis dois tipos de movimento: duplo toque e o tocar, mantendo a pressão.


As acções disponíveis para o duplo toque estão limitadas ao iniciar/parar a reprodução, avançar ou retroceder na lista de conteúdos ou invocar o assistente de voz, caso o mesmo esteja disponível. Tendo em conta que é possível controlar a reprodução de forma automática, com a detecção da posição de instalação, a selecção da faixa pode ser a opção mais conveniente.

O toque mantendo a pressão serve apenas para controlar o cancelamento de ruído, não havendo outras opções disponíveis, o que mais uma vez acaba por limitar o número de opções disponíveis para o utilizador, nomeadamente o controlo do volume, que continua ausente.


Apreciação final


Em termos globais, os FreeBuds 4i são uma evolução do modelo anterior, ficando no entanto a ideia que a Huawei poderia ter ido mais longe com o lançamento deste produto. Não que os FreeBuds 4i não sejam uma opção muito interessante para o segmento de preço onde se inserem, apenas ficam arestas por limar (posicionamento da caixa, nível dos agudos, controlo por gestos) que impedem que o produto atinja níveis de excelência.

Com um preço oficial de €99,90 (mas podendo ser encontrados por €76 na Amazon), os FreeBuds 4i são uma opção a ter em conta por quem procura uns auriculares bluetooth com cancelamento de ruído a preço simpático, sendo por isso merecedores de um sustentado "QUENTE".


Huawei FreeBuds 4i
Quente



Prós
  • Dimensões/peso
  • Caixa para para carregamento/transporte
  • Qualidade de construção
Contras
  • Agudos demasiado fortes
  • Posicionamento na caixa
  • Controlo por gestos limitado

Huawei FreeBuds 4i

Quente (4/5)

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]