2021/05/12

ZigBee dá lugar a Matter para o futuro do IoT

Após quase duas décadas, o ZigBee vai transformar-se e tornar-se no Matter, prometendo maior compatibilidade e universalidade nos dispositivos IoT.

O ZigBee demorou anos a conquistar o mercado, mas agora que estava finalmente num ponto em que se começava a tornar "comum", com inúmeros dispositivos e módulos a preço reduzido, eis que chega nova "revolução". O objectivo de se ter um sistema de comunicação universal para se ter uma casa inteligente está longe de estar cumprido. Quem se aventura nestas andanças tem que lidar com dispositivos WiFi, Bluetooth, ZigBee, Z-Wave, RF, e sabe-se lá que mais. Um cenário a que agora se juntam os gigantes tecnológicos, e que resulta nesta evolução do ZigBee.

Anteriormente conhecido como CHIP (Connected Home over Internet Protocol), este sistema passa agora a ser designado por Matter e conta com o apoio da Apple, Google, Amazon, Samsung (SmartThings), Signify (Philips Hue), e da ZigBee Alliance, que agora passa a ser conhecida por Connectivity Standards Alliance.
O objectivo é o mesmo de sempre, garantir que os produtos "Matter" poderão funcionar entre si independentemente da marca ou fabricante, sem configurações complicadas.

Resta-nos esperar para ver se desta vez o objectivo será cumprido, ou se daqui por uns tempos se zangam uns com os outros, e em vez da "aliança" prometida começamos a ver uma série de novos sistemas a dizerem que são melhores, voltando tudo à estaca zero.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]