2021/06/08

Apple facilita acesso a contas de utilizadores falecidos

A Apple está a facilitar a resolução de um dos problemas mais frustrantes que se pode ter nesta era digital: de não se poder aceder à conta e dispositivos de utilizadores falecidos.

As medidas de segurança que temos hoje em dia para proteger a nossa vida digital de acessos indevidos pode também tornar-se numa grande dor de cabeça nos casos em que fosse necessário fazê-lo de forma devida. A morte de uma pessoa pode fazer com que toda a sua vida digital fique bloqueada atrás de uma password que impossibilita que até a sua família directa possa aceder às fotos que armazenou durante uma vida, para não falar potenciais acessos a bens (como criptomoedas e afins), e outros serviços.

Actualmente, para se conseguir recuperar uma conta de um utilizador falecido, a Apple exigia uma ordem de tribunal, recomendando que os utilizadores se precavessem para essa eventualidade, arranjando forma de ceder as passwords no seu testamento. Mas, como esta é uma situação inevitável que irá afectar cada vez mais pessoas à medida que as décadas passam, a Apple vai simplificar o processo.
O novo sistema "Legacy Contact" permitirá designar pessoas a quem se deseja permitir o acesso em caso de morte. Essas pessoas poderão, apenas com um certificado de óbito e uma chave de acesso, aceder a partes da conta do utilizador, mas excluindo coisas como informações de pagamento, subscrições, ou passwords no keychain. (No caso das subscrições, penso que até seria de serviço público que passassem a ser automaticamente "auto-canceladas" no caso de um utilizador não mostrar actividade durante um período como 6 meses ou 1 ano...)

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]