2021/06/22

GPU AMD para smartphones supera o Mali da ARM

A entrada da AMD no sector dos GPUs para smartphones poderá marcar um salto evolutivo, com os primeiros relatos a indicarem desempenho 30% melhor que os Mali da ARM.

Os SoC responsáveis por fazerem funcionar os smartphones e tablets são compostos por diferentes blocos que cada fabricante ajusta à sua medida, adicionado vários CPUs de alto-desempenho ou baixo-consumo, GPU, NPU, etc. A maioria deles, quando chega o momento de escolher o GPU, optam por usar os GPUs Mali da própria ARM, mas a Samsung fez uma parceria com a AMD para usar um GPU baseado na arquitectura RDNA 2, e a aposta parece estar ganha.

Segundo alguns relatórios, o GPU AMD RDNA 2 que a Samsung utilizará nos seus próximos Exynos obtém um desempenho 30% superior ao do Mali-G78 usado no Exynos 2100 que encontramos no Galaxy S21 Ultra.

No entanto, nem tudo está garantido. São também referidos problemas de aquecimento, que depressa obrigam o GPU a reduzir a sua velocidade para manter a temperatura em parâmetros aceitáveis, e é preciso ter em conta que a ARM também tem a sua nova geração Mali-G710 pronta, que promete desempenho 20% melhor face aos anteriores. Se assim for, a vantagem da AMD poderá acabar por não ser tão significativa quanto potencialmente poderia ser (mas podendo sê-lo, se aplicada em smartphones "gaming", onde alguns até já incluem ventoinhas para melhor ventilação e dissipação do calor).

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]