2021/06/11

Teclados removidos das app stores na China

Numa medida algo estranha, a China mandou remover alguns teclados da App Store e lojas de apps Android no seu território, alegando violações na recolha de dados.

Os teclados virtuais de empresas como a Sogou e Iflytek, esta última com grande tradição a nível da dicção e escrita por voz, foram removidos das app stores por, aparentemente, fazerem o envio de dados para os servidores das respectivas empresas, e violando as regras que limitam a recolha de dados - algo um pouco difícil de compreender vindo de um país que implementa uma forte vigilância sobre os seus cidadãos. Quanto muito, até poderia fazer suspeitar que esta penalização seja uma forma de pressionar as ditas empresas a facilitarem o acesso a esses dados por parte dos seus serviços de censura.

De qualquer forma, serve como um alerta para os riscos de se utilizarem teclados não oficiais, ou até mesmo oficiais mas que enviem dados para serviços "na cloud".

No iOS os teclados instalados podem operar em dois modos: um mais restrito, que impede que o teclado possa fazer comunicações para fora; outro, se for activado pelo utilizador, expande as permissões para que possa fazer essas comunicações. Nesse caso, terá sempre que se estar consciente de que se estará a contribuir com ainda mais dados para aquilo que estas empresas sabem sobre nós, e que dependendo do teclado, pode revelar coisas como a forma como escrevemos, que coisas estamos a dizer, que emoticons mais utilizamos, que GIFs procuramos, ou até mesmo a nossa voz, no caso de teclados que permitam transcrever voz.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]