2021/06/22

Windows 11 mais amigo dos monitores múltiplos

O novo Windows 11 vai finalmente estar melhor preparado para lidar com sistemas multi-monitor.

Há muito que a utilização de vários monitores se tornou numa prática comum, e com ainda maior proliferação nesta altura em que são muitas as pessoas que passaram a trabalhar a partir de casa por causa do coronavirus. Quer seja apenas para terem uma maior visibilidade quando estão a trabalhar com um portátil, ou para terem uma área de trabalho mais alargada ao usar um computador desktop, a utilização de dois (ou mais) monitores permite uma maior versatilidade na forma como se fazem as coisas, a começar pela possibilidade de se manter a janela principal de trabalho sempre visível enquanto se usa o ecrã secundário para manter páginas de pesquisa, ou video-chamadas, ou chats.

Infelizmente, mesmo após décadas, o Windows não lida muito bem com o cenário de se ligarem e desligarem monitores adicionais, sendo sempre uma incógnita adivinhar onde irá fazer aparecer as janelas dos programas; mas sendo algo em que o Windows 11 poderá dar uma ajuda.
No Windows 11 temos novas opções de ecrã, que prometem lembrar-se das posições das janelas nos diferentes monitores, e também minimizar as janelas quando se desliga o monitor onde estavam a ser apresentadas (em vez de as fazer saltar para o ecrã ainda activo).

Opções que poderão não substituir ferramentas específicas para gestão de janelas em sistemas multi-monitor para os utilizadores mais avançados, mas que poderão evitar imensas frustrações para quem se estiver a iniciar nesse mundo, e onde as primeiras impressões com o Windows 10 não eram propriamente as melhores.

1 comentário:

  1. Vom efeito, existem coisas no Windows que parecem ter ficado paradas no tempo...

    ResponderEliminar

[pub]